A condição em que foi encontrado município de Cacoal pela atual administração fez com que a prefeita Glaucione Rodrigues (PMDB) convidasse o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho (PMDB), e o diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Ezequiel Neiva, a visitar algumas ruas e bairros locais na tarde desta segunda-feira (15). Maurão classificou Cacoal como a pior cidade de Rondônia na atualidade, em razão da condição de abandono que foi deixada pela gestão anterior e garantiu que todos os recursos que seriam destinados ao município devem ser dobrados. Um parque de máquinas deve ser mobilizado pelo DER, conforme solicitação feita por Maurão a Ezequiel Neiva, para que o trabalho de reconstrução, como disse a prefeita Glaucione, possa ser feito.

Com processos de licitação de tapa buraco e recapeamento em andamento e em razão das chuvas que continuam caindo no Estado, a Secretaria de Obras de Cacoal está enfrentando dificuldades de atender à demanda de serviços, visto que tanto a cidade quanto a zona rural, foram encontrados em péssimas condições, como explica o titular da pasta, Elcirone Deiró.

Com o objetivo de não deixar a população de Cacoal sem a prestação de serviços que melhorem as ruas antes dos prazos de licitação, que seguem determinações da lei, a prefeita Glaucione Rodrigues busca meios para que possam agilizar a melhoria da cidade, com o apoio do Governo do Estado e Assembleia Legislativa.

A prefeita já tem recebido apoio do governo, com o material que está sendo usado no tapa buracos nas vias urbanas e diz que se não fosse o apoio do governador Confúcio Moura a situação do município seria muito pior. Para a prefeita, com a situação dos municípios atualmente, com queda na arrecadação por conta da crise financeira e ainda diminuição nos repasses estaduais e federativos, é impraticável para a administração municipal resolver todos os problemas sozinha.

Um trabalho diferenciado deve ser iniciado em Cacoal, como disse o presidente da Assembleia Legislativa à prefeita, e isso deve ser iniciado logo, para que a população possa ter de volta a cidade organizada, limpa e bem cuidada, como foi um dia, disse a prefeita.

Maurão de Carvalho garantiu que Cacoal tem assegurados imediatamente R$ 6,5 milhões e o DER deve destinar seis patrols, 10 caminhões caçamba, duas escavadeiras hidráulicas (PCs) e duas pás carregadeiras.

O empenho do momento é concentrado nesse objetivo, como informou a prefeita Glaucione, para que os recursos financeiros, equipamentos e força de mão de obra possam dar a resposta que a população cacoalense espera. “Nós precisamos reconstruir Cacoal e todas as minhas forças estão destinadas a esse objetivo. Sei que não dá para esperar mais, mas acredito no apoio do governo e da Assembleia Legislativa para que o que aí está seja mudado. O governador já tem nos ajudado muito e agradeço por isso, mas precisamos de ainda mais apoio”, finalizou a prefeita de Cacoal.