A segunda-feira (05) em Cacoal foi marcada pela assinatura da ordem de serviço para início dos trabalhos do programa Cidade Limpa, fruto da parceria da Prefeitura de Cacoal com o governo do Estado. Trinta equipamentos, entre máquinas do município, mas principalmente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), iniciaram logo após a cerimônia de assinatura os trabalhos no bairro Vista Alegre, bairro que chegou a mudar o conceito do presidente da Assembléia Legislativa, Maurão de Carvalho, sobre o que é uma estrada ruim. Em um evento muito prestigiado, a prefeita Glaucione Rodrigues falou da importância da parceria com o governo do Estado, que tem investido em média R$ 35 mil em massa asfáltica diariamente em Cacoal, além dos outros benefícios que já foram entregues.

Para a prefeita, é preciso que haja reconhecimento a todos que trabalham a favor de Cacoal e o apoio dos vereadores é fundamental para isso. A bancada federal, que como disse a prefeita, trabalha em média 14 horas por dia em Brasília para assegurar benefícios ao Estado, tem papel fundamental nos trabalhos que iniciaram nesta segunda. Justificando a ausência do deputado Nilton Capixaba, que estava em Porto Velho tratando de equipamentos para Cacoal, Glaucione citou ainda os trabalhos da deputada Marinha Raupp e do senador Valdir Raupp, presentes ao evento, e que tem garantido recursos que vão levar Cacoal voltar a brilhar.

AUTORIDADES

A líder da prefeita na Câmara de Vereadores, Maria Simões, falou da importância dos trabalhos para a cidade e que acredita que nestes dias que o Cidade Limpa estará em Cacoal a população já irá sentir os reflexos.

O vice-prefeito e secretário de Obras, Elcirone Deiró, usou o termo “reconstrução de Cacoal” para se referir aos trabalhos iniciados nesta segunda-feira e que, segundo ele, terá ainda a ajuda de toda a população para a melhoria da cidade.

O diretor do DER, Ezequiel Neiva, em tom de brincadeira, falou que as autoridades de Cacoal são as mais “pidonas” do Estado e que os demais prefeitos de Rondônia o estão pressionando para que o mesmo trabalho que será desenvolvido em Cacoal vá aos outros municípios.  Garantindo que o maquinário fica em Cacoal nos próximos 15 dias, Ezequiel Neiva pediu ainda aos trabalhadores que dêem o máximo da sua força de trabalho para que Cacoal mude nesses dias que atendem aos anseios da população. “Nós estamos trazendo um alento para o município de Cacoal, fazendo uma força tarefa no perímetro urbano, com aproximadamente 20 equipamentos do DER através de um termo de cooperação com a Prefeitura para a operação Cidade Limpa. Na operação Tapa-buracos nós já estamos com 11 funcionários do DER, que ficarão 90 dias ajudando o município, mais um caminhão nosso que está puxando o insumo da usina de Rolim de Moura para fazer esse serviço, fora isso mais 18 equipamentos do DER para fazer a Cidade Limpa. Nós estamos ajudando com uma quantidade considerável das máquinas, estamos literalmente parando com as nossas estradas, que pertencem ao DER, para ajudar o município. Após esse período retornaremos as nossas atividades normais”, acrescenta.

O presidente da ALE, Maurão de Carvalho, voltou a falar que Cacoal é, dos municípios grandes, o pior em conservação hoje e que quando passou pelo bairro Vista Alegre até mudou sua opinião sobre a estrada que vai a Ministro Andreazza. “Eu achava que a linha 5 estava ruim, mas quando passei pelo Vista Alegre até achei que estava boa, de tanto buraco e crateras que encontramos”. Maurão garantiu que há 13 mil toneladas de massa asfáltica reservadas para os trabalhos em Cacoal e que a Linha 5, que passará a se chamar Rodovia Neuri Persch, também será restaurada.

Restauração também foi a palavra usada pelo senador Valdir Raupp sobre os trabalhos iniciados hoje, já que considera o que será feito além do tapa-buracos. O senador reforçou a importância do apoio a Cacoal por parte do governo do Estado e também da Assembléia Legislativa, lembrando que o município dispõe de apenas uma patrol em seu parque de máquinas, o que não seria suficiente para todo o trabalho que é feito. O prédio da prefeitura, entre os mais antigos do Estado, também precisa ser refeito e para isso o senador falou dos recursos que já está buscando em Brasília para que isso seja possível. Além do prédio, o senador falou de R$ 20 milhões destinados à construção dos Hospital Municipal de Cacoal que, segundo ele, é também uma das suas metas ao município.

INÍCIO DOS TRABALHOS

Finalizada a assinatura da Ordem de Serviço, todos os equipamentos foram imediatamente ao bairro Vista Alegre, onde as vias urbanas já começaram a ser restauradas. Acompanhados do diretor do DER, Ezequiel Neiva, que ficará nos próximos dias na cidade, os trabalhadores seguirão, após a conclusão, ao Riozinho, que teve pedido direto do presidente da Câmara de Vereadores de Cacoal, Paulinho do Cinema, atendido de pronto pela prefeita Glaucione.