Profissionais da Carreta do Hospital de Câncer de Barretos realizam de hoje até o próximo dia 11 atendimentos a mulheres previamente cadastradas pelas unidades básicas de saúde de Cacoal, mas o município dá a possibilidade de todas as mulheres que busquem o atendimento preventivo sejam atendidas. A cada 15 dias o município envia uma van a Porto Velho com mulheres que precisam de exames de mamografia no Barretinho, uma unidade do Hospital de Câncer de Barretos na capital rondoniense.  Tanto no atendimento da carreta do Hospital de Câncer quanto no Barretinho, é preciso uma triagem, feita pelas unidades básicas de saúde, como acontece em todos Brasil.

Em relação à necessidade de cadastramento prévio, a secretária Penha Simão esclareceu  na manhã desta segunda-feira (31) que há pré-requisitos para que as mulheres sejam atendidas, como histórico familiar da doença, em razão de que há grupos prioritários de atendimento. Neste ano, esse grupo foi definido com mulheres entre 40 e 69 anos, como forma de atender a um maior número de mulheres enquadradas no grupo prioritário deste ano.

Nesta etapa de atendimento da carreta do Hospital de Câncer passarão pelos exames 420 mulheres. Em 2016 a carreta esteve em Cacoal por duas vezes. Na primeira foram atendidas 190 mulheres e no final do ano, na segunda etapa, mais 200.