O movimento que está unindo o setor público de Cacoal e segmentos da sociedade civil para a revitalização dos rios do município, se reuniu na tarde desta quarta-feira (20) no gabinete da Prefeitura para definir os métodos do trabalho, que já começa na próxima sexta-feira (22). Toda a sociedade é convidada a participar das ações, que nesta primeira etapa acontecem também no sábado (23). Por questão de segurança, apenas um grupo capacitado recolherá o lixo nos rios. Os demais participantes terão outras atividades, sempre ligadas ao objetivo, que é a revitalização dos rios cacoalenses e a preservação ambiental.

O primeiro rio a receber os trabalhos é o Pirarara, que na sexta-feira, a partir das 8 horas, na Ponte da Rua A, terá os integrantes do movimento e voluntários reunidos para início da limpeza. Após esses trabalhos, os rios Tamarupá e Salgadinho também terão a coleta de lixo.

A administração municipal está repassando atribuições a todas as secretarias para que colaborem com os trabalhos. Ainda há o envolvimento da Polícia Militar, Bombeiros, representantes dos bairros e associações e outras entidades, todas em parceria.

Além da limpeza dos rios, o projeto inclui fazer um estudo amplo sobre a ocupação de áreas às margens e buscar alternativas à ocupação de áreas de preservação ambiental. O mapeamento de locais onde está sendo despejado esgoto e as providencias para evitar que continue acontecendo, da mesma forma, terá atenção por parte do movimento, que buscar ainda despertar na comunidade cacoalense a visão de que é importante a preservação dos rios e mananciais.

Todas as datas das próximas ações serão divulgadas previamente, como forma de que as pessoas que queiram participar das ações possam colaborar, sempre com os cuidados de todas as instituições envolvidas, principalmente no que se refere à segurança, meio ambiente e a saúde pública.