Auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) percorreram trechos do rio Machado em Cacoal nesta quarta-feira (27) acompanhados do secretário municipal de Meio Ambiente, Leandro Chagas, com objetivo de identificar empresas que possam estar causando poluição. Por meio da Diretoria de Controle Ambiental, órgão do TCE, os auditores buscam informações sobre possíveis poluentes para que, a partir disso, cobrem dos gestores municipais uma solução.

Em duas embarcações, os técnicos do TCE e Secretaria de Meio Ambiente (Semma) percorreram todo o trecho urbano do rio Machado, buscando empresas que possam estar despejando resíduos sólidos, contaminantes ou esgoto no rio.

De acordo com Manoel Fernandes Neto, auditor de Controle Externo do TCE, a atuação do órgão não é direto nas empresas, mas sim sobre a administração municipal, que por sua vez tem obrigação de fiscalizar.

O secretário Leandro Chagas afirmou que esse trabalho já vinha sendo feito pela Semma e que já havia notificações. Para o secretário, esse trabalho é fundamental para que o meio ambiente não seja prejudicado. Ele destacou ainda que nos dias 22 e 23 um trabalho de coleta de lixo foi iniciado nos rios de Cacoal, demonstrando a preocupação da administração municipal com a questão ambiental.