Cacoal está contribuindo com um levantamento sobre potencialidades e necessidades da indústria e comércio para que consiga maiores índices de crescimento que está sendo feito pela empresa Macrologística, com sede em São Paulo. As informações foram repassadas pelo vice-prefeito, Elcirone Deiró a dois representantes da empresa, Oliver Girard e Marcelo Pregnolatto, que nesta semana estiveram em Cacoal.

A empresa Macrologística presta serviço para a Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), que atua em parceria com o governo do Estado para ter mais dados sobre o potencial de cada região. Os representantes estão percorrendo todo Estado em busca destes dados, que farão parte de relatório a ser entregue aos diretores da Fiero e ao Governo do Estado.

Os principais pontos, como defasagem no fornecimento de energia, telecomunicações e qualificação profissional, já estão sendo analisados e as informações repassadas por Elcirone Deiró foram referentes à necessidade de agregar valor à produção primária de Cacoal, como frutas, couro e café. Para o vice-prefeito, é preciso industrializar, investindo em fábricas que aproveitem todo esse potencial, como doces e balas, além de fábrica de calçados e industrialização do café, como a produção do café solúvel. Um frigorífico à produção de suínos também está sendo analisado.

Outro ponto apontado é a adequação da produção de móveis que há na região. Atualmente há oferta de móveis rústicos, mas o mercado tem maior abertura para móveis planejados. Como o conhecimento que há nesse setor, os empresários poderiam migrar naturalmente ao setor de móveis planejados.

A necessidade de um vôo diário à capital Porto Velho é outro ponto citado pelo vice-prefeito, que lembra ainda o empenho da prefeita Glaucione Rodrigues em buscar esse benefício aos empresários e a toda população.