Mobilização contra lixões irregulares tem alto custo; população deve denunciar

Mobilização em prol do combate à destinação irregular de lixo em Cacoal foi iniciada na manhã desta quarta-feira (31) com a participação de várias secretarias da Prefeitura Municipal. O trabalho é também para a retirada do lixo acumulado em alguns pontos e uma forma de envolver a população para que ajude a fiscalizar e coibir pessoas a jogarem lixo às margens das vias. Só em um dos locais onde o lixo foi retirado, mais de 30 toneladas foram coletadas.

Máquinas e pessoal das secretarias de Obras (Semosp) e Meio Ambiente (Semma) iniciaram a retirada do lixo nas proximidades do Beira Rio por volta das 8 horas. Os secretários Francisco Nóbrega e Leandro Chagas, respectivamente da Semosp e Semma, participaram das ações, que serão realizadas ainda nas proximidades da Linha 208, Cemitério da Linha 6, Setor Industrial, Unir e Araçá.

Ranieri de Lima Lins, fiscal de Meio Ambiente da Prefeitura de Cacoal, um dos técnicos que acompanhavam os trabalhos, disse que a Semma possui em seu quadro de pessoal profissionais capacitados para que a problemática do lixo em Cacoal seja resolvida. Na opinião do técnico, a aplicação da legislação e sanções legais são inevitáveis para combater esse tipo de ação.

Outro servidor da Semma, Sidcley Sotele, entende que jogar lixo em locais impróprios acarreta muitos prejuízos ao município, já que as máquinas e pessoal que estavam sendo utilizadas poderiam estar prestando outro tipo de atendimento à população, além de que os custos só com a retirada das 30 toneladas de lixo nas proximidades do Beira Rio custarão em torno de R$ 60 mil, já que todo o lixo é levado ao aterro sanitário. Os custos serão ainda maiores, já que há outros pontos onde há lixo depositado de maneira irregular por alguns moradores.

Todos os envolvidos na ação de retirada de lixo pedem que a população colabore, ajudando a fiscalizar quem joga lixo nesses locais e que denunciem, como forma de contribuir com o desenvolvimento do município.

 

A partir de fevereiro, Cacoal passará por grande mudança em 90 dias

O governador Confúcio Moura esteve na tarde desta segunda-feira (22) no gabinete da prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, para anunciar que no dia primeiro de fevereiro será iniciada uma nova força-tarefa para restaurar as vias do município. Juntamente com os deputados estaduais Maurão de Carvalho e Juracy Barbosa Moreira (Só na Bença), o governador antecipou que as usinas de asfalto de Ji-Paraná, Rolim de Moura e Jaru estarão produzindo para que Cacoal receba os trabalhos de uma grande quantidade de máquinas do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), que trabalharão em conjunto com as máquinas da Secretaria de Obras do Município. A intenção, segundo o anúncio do governador, feito ainda a vereadores e secretários municipais, é modificar a cidade de Cacoal em 90 dias, com um esforço concentrado de profissionais e máquinas.

Confúcio Moura disse saber da importância de Cacoal no contexto da economia de Rondônia, por ser um pólo de Educação, de Saúde e gastronômico e também por ser uma das principais cidades do Estado. A localização na região central e as atrações turísticas e de compras que Cacoal oferece tornam a cidade destino certo de pessoas de todo Estado, disse o governador, justificando o porquê dos investimentos feitos para a recuperação da cidade.

Os trabalhos feitos em 2017, que também tiveram apoio do Governo do Estado, já mudaram a cidade de Cacoal, na opinião da prefeita Glaucione Rodrigues, e mesmo com todas as dificuldades impostas pela crise financeira global, o município conseguiu avançar e patrolar 90% das estradas rurais e atender aldeias indígenas que há décadas não recebiam apoio na recuperação de estradas. A prefeita lembrou que 85% da cidade são atendidos por esgoto sanitário, sendo o maior índice de saneamento para uma cidade do Norte do país, mas que é fundamental dar condições de trafegabilidade à população. Essa nova parceria com o governo, como disse a prefeita, é uma conquista do povo de Cacoal, “para quem a administração precisa trabalhar”, disse Glaucione.

Na opinião do presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho, os problemas de buracos em Cacoal não são apenas da prefeita Glaucione, mas sim de toda a classe política da região. Contribuir para a melhoria do município e mudar essa realidade é uma obrigação de todo político que gosta e quer uma Cacoal melhor, disse Maurão de Carvalho.

Outro deputado da região, Só na Bença, lembrou que desde 2017 vem contribuindo com Cacoal, garantindo equipamentos, como dois caminhões caçamba, um carro para a Secretaria de Agricultura e outras emendas. Para 2018 o deputado diz que estará ainda mais empenhado em conseguir recursos que possam contribuir com a melhoria de Cacoal.

DESENVOLVIMENTO

O governador Confúcio Moura falou ainda da usina de asfalto que será enviada a Cacoal e que vai contribuir muito para que os problemas de trafegabilidade vistos atualmente sejam evitados. Como informou o governador, a usina já foi licitada e foi pensada sob medida para Cacoal.

Após da reunião no gabinete, o governador percorreu algumas ruas de Cacoal juntamente com a prefeita Glaucione e foi até o prédio onde funcionará o Centro de Especialidades Médias, no Jardim Itália.

Árvores que representam risco à população são retiradas após laudo

A prefeitura de Cacoal iniciou nesta segunda-feira (15) a retirada de árvores que laudo técnico constatou que representavam risco á população, por estarem brocadas e por terem raízes que não sustentavam o tamanho das copas. Especialmente as da espécie Ficcos foram analisadas pelos técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), que está sendo a responsável pela retirada das árvores, constatando o comprometimento dos caules. O trecho da marginal da BR-364, nas proximidades da Avenida 7 de Setembro, foi o primeiro a ter as árvores retiradas, mas em todo percurso o mesmo trabalho será efetuado, como explicou o titular da SEMMA, Leandro Chagas.

A retirada das árvores já havia sido orientada por laudo técnico da Defesa Civil de Cacoal, “por colocar pedestres em situação de risco”. Ainda pelo laudo da Defesa Civil, as características das árvores Ficcos, com copa avantajada e sistema radicular não pivotante (raízes superficiais), propiciam acidentes, principalmente no período chuvoso.

Como forma de precaução, o secretário Leandro Chagas reafirmou que o trabalho iniciado nesta segunda-feira não será encerrado até que todas as árvores sejam retiradas, dando mais segurança às pessoas que passam pelos locais e prevenindo acidentes.

Núcleo de Processos em Cacoal é referência a outros municípios

 

Servidores públicos da Prefeitura de Pimenta Bueno estiveram nesta quinta-feira (11) na Prefeitura de Cacoal para conhecer o funcionamento do Núcleo de Formação de Processos (NFP), que tem sido referencial no Estado de Rondônia.  As informações sobre a condução de processos foram repassadas pela responsável do NFP, Kellen Cristina São José, que falou ainda da importância do bom andamento do setor, que engloba o sistema de Registro de Preços, adesão a Atas, e Intenção de Registro de Preços.

Também foi explanado sobre a importância do Sistema de Registro de Preço de serviços contínuos, tais como: limpeza e conservação, vigilância, dando celeridade aos trabalhos desenvolvidos.

Ainda foi informada a importância do Registro de Preço quando se tratar de obras,  na modalidade concorrência e  RDC ( Regime diferenciado de Contratação), e obras padronizadas.

Os investimentos na capacitação, motivação e estrutura de trabalho foram essenciais para alcançar o resultado almejado, segundo a chefe do setor Kellen Cristina São José.

Focando sobre no funcionamento do NFP da Prefeitura de Cacoal, a chefe do setor repassou informações para que assim seja possível a implantação em Pimenta Bueno, agilizando todo o andamento processual, uma vez que atualmente cada secretaria cuida da formação de processos       específicos, como informaram os servidores da cidade vizinha.

Os servidores de Pimenta Bueno que estiveram em Cacoal são o controlador Rogério Carneloss; o diretor da Central de Compras, Júnior; os agentes administrativos Walter Petry e Kellen; a auditora Fátima Araújo; Rosangela, e a procuradora-geral, Emanuelle de Oliveira Urizzi Bernardi.

Prefeita de Cacoal quer força-tarefa pela Educação em 2018

A primeira reunião de 2018 com representantes da Educação e a prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, aconteceu na tarde desta quinta-feira (11). O planejamento das ações para 2018 foi a tônica da reunião, que serviu ainda para que os diretores de escolas se manifestassem sobre formas de melhorar o ensino municipal. Acompanhada da secretária de Educação, Roseli Vieira, e do vice-prefeto, Elcirone Deiró, a prefeita falou do empenho que teve em 2017, um ano de muitas dificuldades financeiras, para que pudesse manter salários e benefícios sempre em dia, diferente de muitos municípios, que já em janeiro de 2018, ainda não quitaram a folha salarial de novembro de 2017.

Reforçando que para 2018 a meta é climatizar 100% das escolas da Rede Municipal de Ensino, a prefeita Glaucione Rodrigues pediu o empenho de todos os diretores para que todos os professores municipais sejam informados do planejamento de ações e, dessa forma, todos os profissionais da Educação em Cacoal participem de uma força-tarefa em prol dos estudantes.

Ainda sobre a climatização, representantes da escola Luiz Lenzy disseram que desde que a escola foi climatizada houve melhorias até mesmo no comportamento dos alunos, que ficam em sala de aula até mesmo no intervalo, por ser um local de clima agradável.

Outras reuniões serão programadas pela prefeita para que o planejamento apresentado nesta quinta-feira possa continuar sendo analisado e sua implementação ser feita de maneira planejada.

Monitores da Amec participam de cursos de capacitação

O ano de 2017 foi muito positivo para o esporte local, e parte desse sucesso foi devido ao esforço dos profissionais responsáveis pelos núcleos de iniciação esportiva da Prefeitura de Cacoal, comandada pela Autarquia Municipal de esportes de Cacoal (AMEC). E já pensando em melhorias para o ano de 2018, monitores com ajuda e apoio da Amec estão investindo em cursos que melhorarão suas capacidades profissionais.

Caso do professor-monitor da modalidade de basquetebol, Everaldo de Oliveira, que esta realizando o curso Clínica Camp Internacional de Basquete sobre a formação de atletas da base ao alto rendimento na cidade de Bauru-SP dos dias 8 a 12 de Janeiro, procurando aumentar ainda mais suas capacidades como treinador, além de ser uma forma de ganho de experiência e aprendizado. Recentemente o professor-monitor da modalidade de futebol, Normi Lima,  também participou de curso de aperfeiçoamento e aprendizagem no clube de Futebol Atlético Paranaense, do qual voltou com uma gama de novidades a serem aplicadas neste ano nas escolas de iniciação esportiva da Amec.

A Amec investe e apóia seus profissionais a realizarem cursos de capacitação, seja dentro ou fora do estado, sabendo que sua finalidade será somar conhecimentos do qual serão aplicados durante as aulas, pois entende que desta maneira o grande beneficiado no final serão os alunos das escolas do Programa “Pensando no Amanha”.

Calçadas, meios-fios e sarjetas melhoram acessibilidade em bairros de Cacoal

Mais de cinco quilômetros de meios-fios, sarjetas e calçadas estão sendo construídos no bairro Vilage do Sol pela Prefeitura de Cacoal. Serão mais de R$ 1,2 milhão investidos na obra, que visa ampliar a acessibilidade também nos bairros de Cacoal, como já acontece no centro da cidade. Toda a obra é padronizada, sempre objetivando a acessibilidade e nos locais onde já havia calçada os moradores estão colaborando, permitindo a adequação, já que as calçadas antigas não seguiam padrão.

Nos locais onde calçadas, meios-fios e sarjetas estão sendo feitos os moradores já começam a mudar a frente das casas, fazendo jardins, melhorando ainda mais o aspecto do bairro, que é um dos mais populosos de Cacoal. Um exemplo é o senhor Jacinto de Assis, que há aproximadamente cinco anos se mudou da zona rural para cidade e já teve a frente da sua residência calçada. “A gente acaba colaborando porque ta vendo que o trabalho está sendo feito. Tudo está ficando muito bem feito”, disse o morador ao vice-prefeito Elcirone Deiró.

Máquinas e material estão no bairro e permanecerão no local até a conclusão da obra, que é feita com todas as providências para que não haja desperdício de material e comprometimento da qualidade, em razão das chuvas.

Destaque do Paraná na Copa São Paulo iniciou no Pensando no Amanhã, de Cacoal

O jogador Matheus Silva, um dos destaques da equipe do Paraná Clube na Copa São Paulo de Futebol Junior de 2018, teve sua trajetória iniciada na escola de iniciação esportiva ao futebol “Pensando no Amanha” programa realizado pela Prefeitura de Cacoal, através da Autarquia Municipal de Esportes de Cacoal (AMEC) há 15 anos.

Com apenas oito anos a jovem promessa do município começou suas atividades nas escolas de iniciação em busca de seu sonho de um dia ser um jogador profissional e ali permaneceu treinando e se aperfeiçoando ate o ano de 2014, onde se mudou para a cidade atual que reside no Paraná para defender as cores do tricolor paranaense. Atuando como volante se destacou nos treinamentos chamando a atenção do treinador que o convocou para a disputa da competição no estado de São Paulo.

As escolas de iniciação esportiva da Amec têm como objetivo oferecer às crianças e jovens do município um aprendizado dentro do esporte, estimulando o desenvolvimento das modalidades, podendo assim proporcionar momentos como o caso do Matheus Silva, onde muitos atletas de hoje tiveram sua formação realizada através do programa “Pensando no Amanha”. “Fico muito feliz pelo Matheus, que foi meu aluno do programa e hoje é destaque da base de um grande clube do Brasil, da pra perceber que o trabalho desenvolvido ao longo dos anos esta dando resultado e estamos colhendo bons frutos dele” – disse Normi, professor de Matheus no programa. Contando com mais de 10 núcleos esportivos espalhados por Cacoal, as escolas de iniciação esportiva voltarão às atividades a partir de fevereiro, quando acaba a temporada de férias escolares

Trabalhos integrados mantêm força de ação da Prefeitura mesmo nas chuvas

O planejamento de trabalho feito pela Prefeitura de Cacoal mantém atividades constantes no município, mesmo no período chuvoso. Dessa forma, as secretarias que tem maior dificuldade de execução de serviços por conta das águas, como a Obras, somam forças às que tem mais ações a serem desenvolvidas nesse período, como a Assistência Social, Defesa Civil e Meio Ambiente.

Isso possibilita que serviços, como a limpeza da cidade, sejam feitos com mais velocidade, a exemplo das vias marginais da BR-364, que estão tendo a grama aparada e a vegetação rebaixada. Este trabalho está ligado ainda com a Secretaria de Trânsito, a Semttran, em razão de dar maior visibilidade aos condutores de veículos.

A Saúde Municipal também tem influência desses trabalhos, já que a limpeza evita a proliferação de vetores de doenças, como os mosquitos, e o surgimento de animais peçonhentos.

Dessa forma a Prefeitura de Cacoal mantém o ritmo de trabalhos, atendendo a população, mesmo com as limitações impostas pelo período de chuvas.

 

Prazo final de descontos no Refis é 31 de janeiro

O Programa de Estímulo à Regularização Fiscal (PROERF), mais conhecido como REFIS, continua com descontos de 70% sobre juros e multas nas dívidas com o município de Cacoal. Esse desconto vai até 31 de janeiro de 2018 para pagamentos à vista. Para parcelamento o desconto é de 50%, desde que o pedido seja feito até 31 de janeiro de 2018. Os pedidos de emissão de documento para pagamento poderão ser feitos na Procuradoria Geral do Município (PGM), para créditos que forem objeto de protesto ou execução fiscal, e na Secretaria Municipal de Fazenda (SEMFAZ), para os créditos sob sua gestão e que ainda não tenham sido enviados a cobrança. Essa medida dá oportunidade aos contribuintes inadimplentes de regularizar sua situação junto ao município com condições favoráveis e o objetivo é fomentar o pagamento de créditos tributários e não tributários. O projeto, aprovado ainda em junho de 2017, concedeu isenção de 100% para pagamento à vista até 29 de setembro de 2017. De acordo com a prefeita Glaucione Rodrigues (PMDB), não haverá prorrogação de prazo, por isso é importante que os interessados em negociar dívidas procurem a prefeitura o quanto antes.

1 2