Depressão na adolescência foi o tema de uma palestra realizada na última quarta-feira (16), no Instituto Federal de Rondônia (Ifro), campus Cacoal. A palestra foi ministrada por profissionais do Centro de Atenção Psicossocial do município (Caps). Objetivo da ação é conscientizar a comunidade estudantil sobre os riscos da doença, além de apresentar as formas de tratamento.

De acordo com o psicólogo clínico e organizacional Ranihery Fernandes Morais, a palestra realizada atendendo a uma  solicitação da direção do campus do Ifro, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), devido o aumento dos casos de depressão entre o público estudantil.  “Durante a palestra abordamos o conceito e os principais sintomas da depressão na adolescência. Também falamos sobre os cuidados que devem tomados e a quem recorrer quando a pessoa já está sofrendo com a doença”, relata.

Ranihery enaltece que a depressão é uma doença muito grave que pode levar a pessoa a morte, e que tem crescido de maneira assustadora, porém a sociedade não tem dado a devido atenção. “Essa é uma doença tão grave quanto o câncer. Em Cacoal, por exemplo, tem crescido o número de casos de adolescentes se cortando e até tirando a própria vida em razão do sofrimento provocado pela depressão”, revela.

Assim como acontece com as famílias, segundo o psicólogo, a doença também causa sérios danos no ambiente escolar. “Hoje alunos e professores também estão com depressão. E nosso trabalho é tentar prevenir e conscientizar as pessoas sobre e essa grave doença e mostrar alguns caminhos de como tratar a depressão”, explica.