SAAE disponibiliza recursos via remanejamento para aquisição de bombas anfíbias

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto, visando melhorias na captação e distribuição de água à população, está providenciando a compra de um conjunto de bombas anfíbias para o setor de captação de água. Para tanto, foi necessário o remanejamento de recursos de seu orçamento, no valor de R$ 400 mil e alteração orçamentária, seguindo os trâmites legais, foi comunicada à Secretaria Municipal de Planejamento do Município para as providências quanto à elaboração de projeto de Lei e encaminhamento ao Poder Legislativo para análise e aprovação. O projeto está em mãos dos vereadores e deverá ser aprovado nos próximos dias.

De acordo com o presidente do SAAE, Paulo Sityá, a aprovação desse remanejamento é essencial para que seja possível a compra dessas bombas, pois o conjunto atual é propenso a problemas técnicos com maior frequência, geralmente em período de chuvas, podendo queimar e prejudicar o fornecimento de água à população. As bombas anfíbias, segundo especificações técnicas, possuem capacidade de operar dentro e fora da água, com maior facilidade de instalação, ajustando-se mais facilmente à variação do nível de água, como é o caso do rio Machado.  Além disso, segundo os fabricantes, essas bombas propiciam economia no consumo de energia em até 30%.

O técnico responsável pelo bombeamento no SAAE, Nelson Rodrigues, encarregado de monitorar, consertar e supervisionar o funcionamento do sistema, informa que esse conjunto de bombas vai propiciar uma vazão de 600 metros cúbicos por hora e sua implantação vai melhorar a capacidade de captação, tratamento e distribuição de água à população. “Hoje já estamos conseguindo atender bem à população, mas com a expansão imobiliária da cidade de forma vertiginosa, a implantação dessas novas bombas vai garantir uma maior capacidade de continuarmos atendendo a 100% da população para os próximos anos”, concluiu.