Time feminino de futsal de Cacoal ganha competição no Mato Grosso

A equipe de futsal feminino de Cacoal está com motivos de sobra para comemorar esta semana, graças ao titulo conquistado em competição realizada no Mato Grosso. As meninas apoiadas pela Prefeitura de Cacoal, por meio da Autarquia Municipal de Esportes de Cacoal (Amec), representaram o município em competição no estado vizinho como forma de treinamento para os Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR) e de lá voltaram com o titulo. O resultado positivo agradou muito as atletas e comissão técnica, demonstrando que Cacoal vem forte para a competição programada para acontecer em meados de Setembro.

As atletas Monique, Natila, Werica, Edvania, Angelina, Rúbia, Rayane e Daiane, mais o técnico Christian Fazan, foram os representantes de Cacoal no 5º Open Vale do Guaporé de Futsal realizado em Pontes e Lacerda no Mato Grosso. A competição iniciou no sábado às 13 horas e contou com a presença de 11 equipes no feminino, divididas em três grupos, sendo que Cacoal estava no grupo C, juntamente com Vilhena – RO, Soberanas de Cuiabá e a equipe Anfitriã União CRL. Classificadas em primeiro lugar do grupo enfrentou Colorado do Oeste – RO nas quartas de finais, vencendo pelo placar de 5 a 1, passando assim para as semifinais e novamente jogando contra a equipe de Vilhena, e em um jogo duro e bem disputado, as meninas de Cacoal venceram por 1 a 0 ganhando assim o direito de disputarem a grande final contra a equipe da cidade de Indiavaí – MT. Exaustas mas, completamente determinadas as meninas foram para cima com o melhor que tinham nos pés, não dando chances para as adversárias, e com o placar de 4 a 2 no apito final, Cacoal conquistou o titulo da competição.

Ao final da competição o técnico da equipe Fazan, fez questão de agradecer a Prefeitura de Cacoal e a Amec que estão sempre os apoiando em competições, agradeceu também aos patrocinadores, Bodega Pub, Farmácia Yassuda, Tozzo Bombas Injetoras, Semast e Cineart, que acreditaram na equipe desde o inicio e também agradecendo a população de Cacoal que mesmo de longe torceu e confiou que as meninas conquistariam o titulo da competição.

Carreta de prevenção e detecção da hanseníase estará em Cacoal

Cacoal receberá a partir da segunda-feira (13), a carreta do “Projeto Roda Hans”, que oferecerá a população de forma gratuita, até a quarta-feira (15), exames e orientações para detectar e prevenir contra casos de hanseníase. Na segunda-feira (6), servidores de saúde de Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste, Cerejeiras e Vilhena, participaram de uma oficina de capacitação para atuarem nos atendimentos durante a passagem da carreta por esses municípios.

De acordo com a diretora geral da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Arlete Baldez, a mobilização é comandada pelo Ministério da Saúde e desenvolvida em Rondônia pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) em parceria com as secretarias municipais de saúde. “Esta ação acontece pela primeira vez no Estado, com o objetivo de mobilizar a população para ir até a carreta, onde serão realizados os procedimentos de prevenção à detecção a hanseníase”, explica.

A secretária municipal de Saúde, Joelma Cesana, explica que Cacoal foi o primeiro município a aderir o Projeto Roda Hans. “Por acreditar que a população necessita deste atendimento para diagnosticar de maneira precoce a doença fomos o primeiro município a dizer sim ao projeto em Rondônia”, revela.

Ainda segundo a secretária, a carreta ficará estacionada em frente à prefeitura, e os atendimentos que estão sendo agendados nas unidades de saúdes serão realizados pela manhã. “ “As pessoas que queiram participar do projeto devem realizar o agendado do serviço nas unidades de saúde até a sexta-feira (10). Também haverá atendimentos as pessoas que passarem pelo local em busca dos serviços sem agendamento.

Doença

Além dos exames, o objetivo da ação é conscientizar a população sobre a importância da prevenção, do diagnóstico e do tratamento da hanseníase. A doença é crônica e infecciosa, que evolui de forma lenta e quieta.

Entre os sintomas, há a sensação de formigamento, dormência nas extremidades do corpo, aparecimento de manchas brancas ou vermelhas e diminuição na força muscular.

A transmissão da hanseníase é pelo contato com outras pessoas que já contraíram a doença, mas não a trataram. Porém, a doença tem cura. O tratamento contra a hanseníase é gratuito e feito nas unidades de saúde.