Um terreno abandonado há mais de três anos no bairro Arco-íris, a poucos metros do Feirão do Produtor, tem sido alvo de crítica e preocupação do poder público e moradores. De acordo com os moradores, o terreno alaga e a água não escoa, provocando risco de doenças como a dengue.

Fiscais da  Vigilância em Saúde e setor de Planejamento da prefeitura estiveram no local para fazer relatórios e repassar para o setor jurídico, para que seja autorizada a demolição da casa e aterramento. O procedimento só pode ser feito via judicial, já que se trata de área particular. Diante da gravidade da situação, com a existência de criadouros de mosquitos da dengue, a Prefeitura fará um serviço emergencial para escoar água no entorno do local.

Morador do bairro há 28 anos, Abel Sampaio vai fazer um abaixo assinado com demais moradores para reforçar o processo: “A gente está vendo a preocupação do município pra resolver o problema, que é antigo”, disse. De acordo com Flaviano Melo, coordenador da Vigilância em Saúde, poucos casos de dengue tem sido registrados em Cacoal. Há muitos anos o município não sofre com epidemias, como ocorreu no passado. Mas o cuidado dos moradores com suas casas e terrenos é fundamental para que a doença continue controlada.