Desenvolvimento das cidades com foco no empreendedorismo, crescimento econômico, social, educação, trabalho e outras áreas fundamentais para a qualidade de vida. Este é o foco do programa Cidade Empreendedora, do Sebrae. Cacoal foi escolhida para o projeto piloto, que será desenvolvido por um grupo de servidores e gestores, em 10 eixos de trabalho.

A prefeita Glaucione Rodrigues reuniu boa parte do secretariado e servidores para uma reunião com a coordenação estadual do programa. O diretor técnico do Sebrae, Samuel Silva de Almeida, apresentou os eixos, sendo os principais: Governança e Inovação, Desburocratização dos negócios e sistemas, Implantação de REDESIM, um programa visando a otimização dos trabalhos por meio da tecnologia, fomentar o acesso ao crédito, acesso à justiça, sustentabilidade ambiental, entre outros.

A proposta do Sebrae é que o município crie o Comitê Cidade Empreendedora, para iniciar os trabalhos. A comissão vai ajudar a trazer pessoas para otimizar os processos e o Sebrae vai auxiliar com consultorias, oficinas e cursos. O programa piloto será monitorado durante 60 dias.  “O objetivo é estimular a governança empreendedora nos municípios, para aperfeiçoar a gestão e estimular a inovação nas empresas públicas”, salientou Samuel.

Com o avanço do programa será viabilizada a certificação dos municípios e premiações.

Na oportunidade a prefeita e os secretários assinaram um Termo de Adesão para o movimento ‘Rondônia pela Educação’. Um projeto  de desenvolvimento da educação que também faz parte do programa global das cidades. O programa consiste no estabelecimento de metas e planificação de diversas melhorias na educação, com ênfase em: Educação para o mundo do trabalho e articulação e influência social na educação.

Segundo o coordenador Executivo da Fiero, Edgar Teixeira, desde o lançamento do movimento, em maio de 2016, 125 instituições já aderiram. “Temos empresas, órgãos públicos, de controladoria, escolas, universidades e até instituições bancárias que aderiram”, disse.

A prefeita lembrou o fato de que Cacoal tem protagonismo na educação e em vários segmentos da economia. “Cacoal tem a vocação para ser primeiro lugar em diversas áreas, trabalhamos pela educação, e hoje a cidade atende uma demanda de estudantes  de  uma região que tem população media de 500 mil habitantes em seis universidades”, reforçou.

O município solicitou ao Sebrae a disponibilização de vagas para duas turmas do Empretec, para atender servidores. O foco inicial será em diretores e gestores de escolas, em uma turma e profissionais da saúde, na segunda turma.