Famílias agroecológicas de Cacoal receberam comitiva de Rolim de Moura, para troca de experiências exitosas no campo de Produção livre de Agroquímicos. Nesta semana foram visitadas várias propriedades na  linha C 10 e Linha União, setor Prosperidade. Ali são produzidas verduras em sistema de estufa. As hortas agroecológicas garantem uma produção mais saudável com alimentos orgânicos.

De acordo com o Coordenador de Programas de Agroindústrias de Cacoal, Jorge Murer , esta ‘Família agroecológica’ foi criada há mais ou menos 15 anos em Cacoal. Ali são desenvolvidas hortas com apoio da prefeitura, Emater e Banco do Brasil, através do projeto Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS).

Os produtores rurais seu Antonio Custódio e dona Fátima foram os precursores desta ideia em Cacoal. “As famílias agroecológicas de Cacoal, eles sim que foram os verdadeiros heróis desta ideia aí, que tocaram a bola pra frente, receberam orientações, trocaram informações entre eles, uma troca de conhecimento entre produtores rurais e técnicos”, disse Jorge Murer.

A mudança do sistema com uso de agrotóxicos para a orgânica passa pela recuperação do solo. “Isso reverte o processo de degradação do solo, por agroquímicos do passado. Estão há mais de 15 anos, 20 anos sem uso de agroquímicos”, concluiu.