Cernic recebe ônibus escolar cedido pela Prefeitura para melhorar transporte de alunos

O Cernic recebeu uma boa notícia no final desta semana. Um ônibus da Secretaria de Educação foi cedido para ser utilizado pela entidade, para o transporte de alunos a partir da próxima semana. O Cernic atende atualmente 236 crianças, adolescentes e adultos com vários níveis de deficiência, e conta apenas com um ônibus, cedido pelo município em 2017.

Além deste reforço da Prefeitura para o transporte escolar dos alunos, o ônibus adaptado, mediante convênio federal do Calha Norte, já está em fase final de aquisição. A prefeitura já assinou o contrato com a empresa vencedora da licitação, de São Paulo, que deve marcar a data da entrega do veículo em breve.

De acordo com os representantes da instituição, a demanda ainda é grande, principalmente para atender locais distantes, como o distrito do Riozinho. Por isso, o outro ônibus devidamente adaptado, mediante convênio do Calha Norte, por meio de emenda do ex-senador Ivo Cassol será importante no atendimento as crianças e adolescentes.

Segundo os técnicos da Prefeitura, a compra do veículo já foi finalizada. Desta forma em breve o Cernic terá três ônibus para melhorar o transporte de alunos em Cacoal.

Acompanhada do deputado Cirone Deiró, a prefeita Glaucione Rodrigues foi recebida na entidade pela diretora Daniela Bianchini e o secretário Adriano Queiroz, bem como a equipe de professores e funcionários. Na oportunidade, os representantes do Cernic fizeram um breve relato do trabalho da entidade e sua importância para Cacoal. A prefeita também apresentou prestação de contas de todos os convênios e repasses, tanto financeiros quanto de pessoal feitos pela Prefeitura ao longo dos últimos anos.

De acordo com os números apresentados, nos últimos quatro anos o aumento do repasse foi de mais de 100%. Para se ter uma ideia, mediante convênios com a Semast, Semed e Semusa, em 2015 foram repassados ao Cernic R$ 395 mil, no ano seguinte, em 2016 o valor subiu para R$ 448 mil.

Em 2017, primeiro ano da atual gestão, o repasse foi de R$ 828 mil. Em 2018 o repasse chegou a R$ 910 mil e este, apenas nos primeiros meses já foram repassados R$ 596, 5 mil.

Glaucione enfatizou que Cacoal e o poder público tem o maior respeito e carinho pelo Cernic, que faz um trabalho especializado. “Esta entidade é muito importante para nós e para Cacoal, faz um trabalho de atendimento de referência. Para nós é um privilégio auxiliar este trabalho e estamos à disposição para contribuir no que for possível. Hoje o Cernic recebe mais da prefeitura a mesma atenção e investimentos que as secretarias, isso mostra a importância e o valor que damos ao trabalho desta instituição”, enfatizou.

Em nome do Cernic, a diretora Daniela Bianchini agradeceu o apoio da prefeitura e disse que a demanda de transporte finalmente será suprida. “Finalmente agora o Cernic, que tem mais de 30 anos de existência contará com três ônibus, e vamos aumentar as linhas para atender mais alunos”, disse.

O deputado Cirone Deiró – que na última semana realizou audiência pública na capital sobre Educação Inclusiva – também destacou o papel social e educacional das entidades que trabalham com educação especial. “O estado precisa valorizar o Cernic, as Apaes, que fazem um trabalho notável. Vou sugerir como deputado a criação de uma lei para, além do cuidador, regularizar a função do Mediador, um profissional que vai acompanhar a pessoa com deficiência nas demandas diárias, com auxílio especializado”, informou Cirone.

Relação de títulos de terrenos prontos a serem entregues

A Prefeitura de Cacoal, por meio do serviço de Coordenação de Desenvolvimento Urbano, vai entregar as escrituras (títulos) de terrenos urbanos, solicitados junto ao município.

Será dia 7 de junho, das 7h30 às 17h. 

Local: Em frente à sede do prédio novo da Prefeitura.

Seguem a lista dos nomes dos contemplados:

RELAÇÃO DE TÍTULOS PRONTOS A SEREM ENTREGUES

PROCESSO       Nº TÍTULO                 NOME

346/2007         028/PMC/2017          JOSEFA BERNARDINA DE LIMA
4106/2015       247/PMC/2015           NERTON JUNHO OSMÍDIO CRISTOVÃO
9267/2018       029/PMC/2019          JOSÉ CARLOS DOS SANTOS
2065/2008      295/PMC/2008         ROSANGELA FLORES DE OLIVEIRA CORTES
9130/2018       052/PMC/2019          EDNEY CICERO DE SOUZA
6742/2013       152/PMC/2017           EUNICE AMANCIA DE LIMA
3493/2016       232/PMC/2016          IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR
1593/2008       211/PMC/2008          MAURINA HERCULANO DE PIERI
4012/2015       084/PMC/2018          AIRTON FELIPE DE SOUSA
2350/2017       179/PMC/2017           JULIO IAGO VIEIRA TRINDADE
163/2016         188/PMC/2017           MARIA DE FATIMA DA SILVA ZAQUI
4388/2014       069/PMC/2015         MARIO APARECIDO GALVÃO
133/2014         194/PMC/2006          JAIR DE SOUZA
4676/2013       034/PMC/2014         VALDERLI NOGUEIRA
2104/2016       126/PMC/2016          EDELSON ELESANDRO PINHEIRO
3458/2009       070/PMC/2010        AGOSTINHO DORCELINO LOPES
1897/2008       355/PMC/2008        ANTONIA GUEDES DE SOUZA
4216/2013       023/PMC/2014          WILSON FERREIRA DA SILVA
2927/2013       099/PMC/2013          MANSUETO VINICIO TUMELERO
6193/2013       058/PMC/2016          ORLANDO HONORIO DO NASCIMENTO
5726/2014       062/PMC/2015          AILDO TRAMS
1629/2007       258/PMC/2007         JOÃO BATISTA QUERES
1177/2007       036/PMC/2007          EVA GUIMARÕES GARAY
1505/2010       178/PMC/2010           LEONICE DOS SANTOS SILVA
2096/2006       077/PMC/2009         SUELI BARBOSA DA COSTA
4411/2016       030/PMC/2018           DOMINGOS SAVIO BERGAMÍ
5963/2018       228/PMC/2018          MARIA DE LOURDES ZENATI
659/2016         030/PMC/2017           SIRLEI VILLA
486/2008         281/PMC/2008          NELY VITORIA DA SILVA TEIXEIRA SOUSA
6289/2017       013/PMC/2019            ODÁLIA ALVES SANTANA
7178/2013       193/PMC/2017             ARY FLORES DE MESQUITA
6944/2013       147/PMC/2018            LUCIA BARBOSA EVANGELISTA BRAZ
3401/2015       275/PMC/2015             PAULO SÉRGIO DA SILVA
5712/2016       516/PMC/2016             AILTON CRISTOVAM
4615/2015       271/PMC/2015             ROSANA REIDEMANN RAYMUNDO
53/2007           006/PMC/2007           ANA CRISTINA FREITAS DE SANTANA
886/2006         056/PMC/2006          SIDNEY CORRÊA DA SILVA
1300/2007       201/PMC/2007           MARIA SCARDUA CAMPOS
2469/2015       028/PMC/2017            AGNALDO CLAITON DA SILVA
1213/2010       254/PMC/2012             LINDOMAR PAIS DE ARAUJO
5254/2012       219/PMC/2015             EDVIRGES FAUSTINO ESTEVES
1150/2015       376/PMC/2016             MATEUS HENRIQUE DE CARVALHO VIEIRA
6050/2012       112/PMC/2016            ALESSANDRA SABINO OLIVEIRA
1852/2018       007/PMC/2019            ROMÃO ALMIR ROUBALDO RODRIGUES
2247/2018       251/PMC/2018            CARLOS FELIX DA SILVA
2257/2013       512/PMC/2016            KLEDISON FERNANDO BIZI
5015/2008       005/PMC/2019          MISLANDIA PERERA LOPES
5539/2012       126/PMC/2015            LUCIA AGUILERA
7384/2013       107/PMC/2018           EDILZA APARECIDA DOS SANTOS
4591/2017       098/PMC/2018           ODILON ROCHA
6011/2016       170/PMC/2018            MARINA DE DEUS FERREIRA
6991/2013       062/PMC/2014           ESME BEZERRA DO AMARAL
8173/2018       040/PMC/2019           PEDRO BARBOSA
6919/2013       234/PMC/2018           FRANCISCA LUCINEUDA SILVA SOUSA
6840/2017       004/PMC/2018          ONILDO FERNANDES BORGES
5009/2014       022/PMC/2015           MARIA LÚCIA DA SILVA ARAÚJO
3823/2017       036/PMC/2019           WEBERSON ANTONIO SOARES
3836/2013       037/PMC/2014           JOSÉ NUNES MEREIRA
4275/2017       009/PMC/2018           TADILENEA BASTOS
6959/2017       040/PMC/2018          ADRIEL DE JESUS SANTANA
2524/2016       386/PMC/2016          AMARILDO NASCIMENTO
5843/2015       089/PMC/2016          ORLANDINO RAGNINI JÚNIOR
5797/2014       316/PMC/2014           ANTONIO JOSÉ DA COSTA
6806/2013       098/PMC/2016         JOSÉ PEREIRA DA SILVA
2246/2018       204/PMC/2018         CARLOS FELIX DA SILVA
7993/2018       017/PMC/2019          MARIA DO SOCORRO DO VALE MARTINS
4802/2017       203/PMC/2018         ADEMILSON PERIS
5253/2012       212/PMC/2018          EUNICE BENETTI
6882/2013       218/PMC/2017          EUGÊNIA FRANCISCO SANTANA
6995/2013       222/PMC/2017          JAIR MOREIRA DA SILVA
6860/2013       202/PMC/2017         LÚCIA ARAÚJO SILVA
6938/2013       217/PMC/2017          DANYELLE DA CRUZ FRANÇA DOS SANTOS
1902/2019       139/PMC/2019          KÉSIA MÁBIA CAMPANA
1676/2019       133/PMC/2019           JOSÉ CLÓVIS ROSSI
7239/2018       135/PMC/2019          JUSCELINO TEIXEIRA DE ARAÚJO
1677/2019       127/PMC/2019           JOSÉ CLOVIS ROSSI
417/2019         140/PMC/2019           JOSÉ APARECIDO RUIZ
1679/2019       130/PMC/2019           JOSÉ CLÓVIS ROSSI
1675/2019       131/PMC/2019            JOSÉ CLÓVIS ROSSI
1678/2019       132/PMC/2019           JOSÉ CLÓVIS ROSSI
1674/2019       129/PMC/2019           JOSÉ CLÓVIS ROSSI
1671/2019       128/PMC/2019            JOSÉ CLÓVIS ROSSI
1694/2014       134/PMC/2019           JOSE DE SOUZA SANTOS
6933/2013       142/PMC/2019           GILDETE SAMPAIO DOS NASCIMENTOS
3333/2018       155/PMC/2019           EDSON VIEIRA DOS SANTOS
6757/2015       157/PMC/2019            PAULO HELON AMÂNCIO DE SOUZA
10400/2018     158/PMC/2019          HELENA MALANCHEN
1491/2019       016/PMC/2019           MARIA DE LOURDES FORNACIARE MIRANDA
2085/2019       147/PMC/2019          ADELINO RIBEIRO DA SILVA
2391/2015       152/PMC/2019           FRANCISCA CARDOSO DE SOUZA
317/2019         063/PMC/2019           LENZI ZACARIAS RIBEIRO CÚRCIO
10448/2018     095/PMC/2019         EDILENE SCHADE DE BRITO
2603/2019       159/PMC/2019          RAQUEL DUARTE DE CARVALHO
2696/2019       156/PMC/2019          ALEXSANDRO PEREIRA
9074/2018       146/PMC/2019          ANDRÉIA KREITLOW
8419/2018       100/PMC/2019          JOSÉ DE ARAÚJO BARRETO
9935/2018       122/PMC/2019          MAISA SANTANA BRETAS
5044/2016       151/PMC/2019           EDSON UMINO
698/2019         115/PMC/2019           MARIA ALVES PICOLI
1573/2019       114/PMC/2019            CELINA PROCOPIO DA SILVA FREIRE
3828/2018       068/PMC/2019         KARINA THAÍS DE PAULO
1747/2019       117/PMC/2019            JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA
9413/2018       072/PMC/2019          OLGA DE OLIVEIRA DUARTE
1452/2006       064/PMC/2019         BENILDA SCHADE
9186/2018       071/PMC/2019          JOÃO VIEIRA GUEDES
106 53/2019    0110/PMC/2019        SISTEMA IMAGEM DE COMUM. TV CANDELÁRIA LTDA
107 5511/2017  097/PMC/2019         JOSILENE DE OLIVEIRA MATTOS
108 18/2019    0111/PMC/2019         SISTEMA IMAGEM DE COMUM. TV CANDELÁRIA LTDA
109 4177/2016   080/PMC/2019      JOÃO MARCELINO DA SILVA
110 4166/2004   175/PMC/2013       ANTONIO PAULO DOS SANTOS
111 5526/2016     088/PMC/2019     RHANA CHRISTINA FERREIRA

MARIA GENECY DE SOUZA
CHEFE DE COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO
PORTARIA Nº 0636/2018

 

532 expositores e movimento de negócios atraíram grande público ao 8º Rondônia Rural Show

A maior feira de agronegócios da região Norte, a Rondônia Rural Show, chegou à oitava edição. A feira internacional, realizada em Ji-Paraná atraiu um público estimado de mais de 120 mil pessoas, entre os dias 22 e 25 de maio. Visitantes de todo o estado e até de outros países,  em busca de negócios, lazer, compras e outras atrações em 532  espaços, stands, empresas e atrativos. De maquinário pesado, passando por lojas agropecuárias, vitrines tecnológicas, praça de alimentação, stands de entidades como Sebrae, Emater, Seagri e outros, que fomentam negócios e a economia do estado, foi possível encontrar um mix de serviços e atrações na feira. A estimativa dos organizadores é de uma movimentação de negócios em torno de R$ 700 milhões de reais, ao longo de quatro dias de evento.

A prefeitura de Cacoal foi representada com seis agroindústrias locais, todas do ramo de alimentos. A Da Hora Alimentos, It Polpas, Cachaças Lorenzon, Cachaça João Simão, Pérola da Amazônia e a empresa Yogo Milk. Além de empresas de café, com destaque para a empresa Café Nova Era, que faz parte dos cafés da marca “Matas de Rondônia”, reconhecidos pela qualidade e requinte.

A prefeita Glaucione Rodrigues lembrou que o maior potencial de Cacoal e do estado está na agricultura. “Somos um estado agrícola, e Cacoal tem pequenas agroindústrias que dão a base da economia. E para isso contamos com apoio constante do Sebrae, o maior parceiro do município, que promove a melhora do produto oferecido por meio de investimentos e qualificação”, analisou.

O deputado Cirone Deiró, presidente da Comissão de Agricultura no estado, enfatizou que tem feito um trabalho constante pelo homem do campo, atuando em defesa dos agricultores do setor da cadeia produtiva do leite e outros produtos importantes para o estado. Segundo ele é preciso que os órgãos que trabalham com tecnologia e fomento à produção dêem atenção e incentivo ao produtor rural. “Temos cobrado apoio ao pequeno produtor, para que o estado avance”, disse.

Outro segmento que está em expansão e cada vez mais organizado é o turismo. Com belas cidades, natureza exuberante e muitos atrativos culturais, os municípios de Rondônia começam a profissionalizar o setor, buscando no turismo uma nova fonte de crescimento e expansão. No stand da Secretaria de Turismo o Superintendente da Setur, Gilvan Pereira, elogiou o avanço de Cacoal neste segmento. “Cacoal foi o primeiro município a entregar o plano de regionalização do turismo de Rondônia. O município é referência com parques ecológicos, a cultura do café e muitos outros atrativos”, analisou.

Prefeita reúne equipe da Unidade Básica de Saúde do Princesa Isabel para anunciar transferência da unidade

A prefeita Glaucione Rodrigues reuniu a equipe da Unidade de Saúde do bairro Princesa Isabel para esclarecer pontos referentes à mudança provisória da UBS do bairro para a Unidade Básica de Saúde do Cristo Rei, no bairro Floresta. A transferência ocorrerá no dia 5 de junho e neste período a população continuará sendo atendida no prédio atual. A unidade ficará fechada no dia 6, quando será concluída a mudança.  A partir do dia 10  de junho a comunidade local será atendida normalmente no bairro Floresta.

As mudanças de endereço da unidade do bairro Princesa Isabel  iniciaram em 2014, quando a UBS funcionava em um prédio nas proximidades do rio Pirarara, próximo à rodoviária dos Colonos.  Devido a uma enchente e alagamento do prédio foi preciso sair do local, que foi transferido para um prédio alugado, no entorno da marginal da BR 364. Mas o prédio está sem condições de atender a população, já que é antigo.  Na ocasião da mudança, a Defesa Civil encaminhou recurso para a construção de uma nova unidade, que está concluída no bairro Alpha Park.

Segundo a prefeita, quando assumiu a prefeitura em 2017 a unidade do bairro Alpha Park já estava em construção. Ela argumentou que a população do Princesa Isabel não ficará sem atendimento, já que a nova unidade será inaugurada em breve, e a comunidade será atendida no bairro Floresta.  “Vamos encaminhar uma equipe de saúde da Família para o Alpha Park e outra equipe ficará no Cristo Rei”, explicou.

Para resolver o problema de forma definitiva, a medio prazo – e não precisar deslocar os pacientes para outros bairros – será construída uma nova unidade no próprio bairro Princesa Isabel, com apoio do Rotary. O governador da entidade, Francisco Almeida informou que a entidade fará o projeto e que tem recursos para executar a obra. “O Rotary pretende concluir por que a prefeitura é uma parceira e pretendemos auxiliar a comunidade”, disse.

A prefeita lembrou que a comunidade tem sido atendida nos 72 bairros com a ampliação do número de unidades em 2018. “Com a inauguração de cinco novas unidades de saúde no ano passado, o atendimento à comunidade foi ampliado nos bairros. A população da área rural, que antes precisava se deslocar por longos trajetos hoje é atendida na unidade do bairro São Marcos e no  Distrito de Divinópolis, principalmente das linhas 13, 14, 15 e linha Mato Grosso”, concluiu.

 

CONVITE AUDIÊNCIA PÚBLICA

A Prefeitura Municipal de Cacoal através da Excelentíssima Prefeita Municipal, Glaucione Rodrigues, tem a honra de convidá-los para participarem da Audiência Pública Municipal de apresentação do Relatório das Atividades Desenvolvidas no 1º Quadrimestre de 2019, a ser realizada no dia 28/05/2019 (terça-feira), as 14h, no Plenário do Palácio Catarino Cardoso dos Santos (Câmara Municipal), localizado na Rua Presidente Médici nº 1849, bairro Jardim Clodoaldo, visando o acompanhamento das metas atingidas no período, em cumprimento ao PPA, LDO e LOA, analisar o desempenho do Município de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal e demais legislações vigentes.

“Audiência Pública, um instrumento da democracia. PARTICIPE!”

GLAUCIONE MARIA RODRIGUES NERI

Prefeita de Cacoal

Mais de 1,9 mil alunos são atendidos pelo programa Pensando no Amanhã

O programa de iniciação esportiva ‘Pensando no Amanhã’, da Autarquia Municipal de Esportes (Amec), contempla nove modalidades esportivas em 15 núcleos esportivos: Clubes, ginásios e escolas de Cacoal e distritos próximos. De janeiro a abril foram atendidos mais de 1,9 mil alunos. Ainda há vagas em algumas turmas, mas em outras o número de alunos superou as metas iniciais.

O presidente da Autarquia, professor Wellinton Nunes, destaca a importância do trabalho, que segundo ele, garante saúde para as crianças, bem como uma oportunidade de conquistas por meio do esporte. “É um trabalho diferenciado, que coloca Cacoal em posição de destaque e vai fazer toda a diferença tanto na saúde quanto na formação moral das crianças e adolescentes atendidos”, analisou.

As aulas de Basquetebol acontecem no Ginásio Senador Ronaldo Aragão e na escola Agustinho Góes. Ao todo são atendidos 410 alunos. As aulas de Futsal são realizadas No Ginásio Capitão Rui Luiz Teixeira, com 158 alunos atendidos. A modalidade de Futebol de campo acontece em três espaços: Campo do Clube da Sucam, Clube da Assemuc e Fiovo Camaioni. Somando as três turmas são atendidos 214 alunos.

As turmas de Handebol atendem 80 alunos, no ginásio Capitão Rui Luiz Teixeira. Uma das modalidades que tem mais alunos é o Judô, são atendidos 300 alunos, nas escolas Luiz Lenzi, Escola Agustinho Góes, Nossa Senhora do Carmo, no distrito do Riozinho, Praça do CEU, no bairro Vista Alegre e na escola João de Deus Simplício, no distrito de Divinópolis.

As aulas de Voleibol acontecem na escola Celso Ferreira, no Riozinho e no ginásio Senador Ronaldo Aragão. Ao todo são atendidos 280 alunos. A modalidade de Peteca, um esporte ainda pouco difundido atende 30 alunos, no ginásio Capitão Rui Luiz Teixeira.

As aulas de natação acontecem no Country Club e Clube da Sucam. As aulas são disputadas, e quase 200 alunos são atendidos. Samuel Henrique, de 7 anos, começou a nadar no início do projeto, há dois meses, no Country.  A mãe, Karen Lima, leva o filho às aulas duas vezes por semana, pela manhã. “Ele é apaixonado por natação, então quando eu falei de inscrever ele de fazer o curso da Amec ele ficou muito feliz, e ele não vê a hora, quer vir todos os dias”, disse.

A professora de natação, Jéssica Cristina dos Santos atende as turmas no clube, tanto com alunos iniciantes quanto avançados. “Tem várias turmas, então dá pra trabalhar bem, atender legal e é uma paixão da minha vida”, comentou.

 

Infraestrutura: Prefeitura cria várias frentes de trabalho para a execução de obras de pavimentação e drenagem

Para executar o grande volume de obras equipes trabalham em turnos alternados com pavimentação e drenagem

Com o fim do período chuvoso a prefeitura de Cacoal mantém frentes de trabalho em diferentes bairros do município. Os serviços de drenagem, pavimentação asfáltica, meio fio, calçadas e recuperação de ruas com cascalhamento e patrolamento vão melhorar a trafegabilidade, as condições de mobilidade urbana e a qualidade de vida de centenas de pessoas em mais de 10 bairros.

Pavimentação

Com capacidade de produção de 80 toneladas de massa asfáltica por hora, a usina de asfalto tem sido fundamental para garantir os insumos para as obras.

As obras dos convênios no valor de R$ 1,8 milhão para pavimentação asfáltica de acesso à Linha 6 e diversos bairros já iniciaram. Serão feitos 16km de asfalto.O convênio (290/2016), no valor de R$ 900 mil, contempla o acesso à linha 6, nos Bairros Habitar Brasil, Parque dos Lagos e Jardim Itália, e é de autoria do ex deputado Federal Luiz Claudio. O convênio (310/2016), também novalor de R$ 900 mil contempla trechos dos bairros Brizzon, Vilage do Sol, Centro e Vista Alegre é de autoria do senador Acir Gurgacz.

Morador do bairro Habitar Brasil, há 44 anos, José Mendes, conhecido como Zé Bocão, comemora os serviços. “Um benefício para a população, a gente sempre tem esperança e agora vai fazer”, comentou.

Serviços contemplam o bairro BNH

Dia-a-dia as obras tem mudado a vida de moradores, que antes tinham dificuldade de acesso, também no bairro BNH. Adminda Rodrigues é moradora do bairro há 20 anos, e tem acompanhado de perto o avanço da recuperação do trecho ao lado do parque Sabiá. “É uma vitória pra nós que moramos aqui, todo ano a rua fica difícil de passar, agora vai melhorar”, disse.

Os trabalhos estão sendo realizados nas avenidas Almirante Tamandaré, rua dos Carajás e em outras vias do bairro. Após o recorte da pista e impermeabilização é feita a colocação de massa asfáltica. Em algumas ruas é necessário fazer a recuperação do solo, que vai  evitar a formação de buracos com a erosão e a descida de água das chuvas. Na avenida Pedro Rodrigues, o acesso tem sido facilitado com este serviço.

A prefeita Glaucione Rodrigues tem vistoriado as obras e acompanhado os trabalhos também neste bairro, e reconhece o esforço e dedicação das equipes da Secretaria de Obras, acompanhadas diariamente pelo encarregado de Obras, senhor José Luiz. “Nós vamos avançando bairro por bairro, nós temos 72 bairros pra recuperar neste município, mas estamos com trabalhos em três turnos para restaurar Cacoal, que é isso que a população espera”, disse.

Obra de drenagem avança rapidamente

Para que o asfalto tenha durabilidade é fundamental a correta drenagem das águas pluviais e a canalização de minas d’água, que também provocam a formação de buracos. No passado, onde o trabalho não foi feito, as infiltrações formaram buracos. A ausência de investimentos em obras de drenagem causam problemas de afundamentos, trincas e rupturas do asfalto.

A grande obra de Drenagem e Macrodrenagem, com investimentos na ordem de R$ 28 milhões, referentes ao convênio 056/PMC/2018 avançam rapidamente. A obra já chegou às avenidas Niterói, Getúlio Vargas, Rio de Janeiro e Malaquita, com a colocação de manilhas a água proveniente destas ruas está sendo canalizada. Os trabalhos abrangem os bairros Brizzon, Novo Horizonte e Jardim Clodoaldo. Serão feitos 8.731 metros de canalização de águas pluviais por meio da drenagem.

Também está quase concluída obra de Drenagem na padre Ezequiel Ramin.  A recuperação da rede de água é feita com a construção de caixa pluvial. Este serviço é feito pela equipe da Secretaria de Obras.

Sobre as obras de drenagem, a prefeita lembrou que é um trabalho pouco lembrado e nem sempre valorizado, já que a obra fica enterrada, mas que os benefícios para a comunidade local serão de longo prazo. “É um serviço que o gestor tem que ter coragem de fazer, por que nem sempre é lembrado, mas é uma obra de longo prazo, para o futuro”, comentou Glaucione.

Seis agroindústrias locais vão representar Cacoal no Rondônia Rural Show

Entre os dias 22 e 25 de maio acontece em Ji-Paraná a oitava edição do evento Rondônia Rural Show, uma grande feira de negócios e palestras.  Cacoal será representada pelas empresas Alimentos ‘Da Hora’, Yogo Milk, It Polpas, Lorenzon Cachaça, Simon Cachaça e Pérolas da Amazônia. Com 42 agroindústrias instaladas em pleno funcionamento, Cacoal é destaque neste segmento no estado. A prefeita Glaucione Rodrigues tem dado imenso incentivo às agroindústrias locais. “Cacoal cresce com as agroindústrias de alimentos, um trabalho que vem sendo valorizado e que fortalece a economia local, é o crescimento da economia do homem do campo com a profissionalização das agroindústrias”, disse.

A empresa alimentos ‘Da Hora’, que faz fracionamento de torresmo e produção de água de coco do senhor Gilmar Garcia e Alexandre Nascimento Garcia, representou Rondônia no evento Apas Show, em São Paulo, o maior do segmento supermercadista no país, realizado entre os dias 6 e 9 de maio, na capital paulista. No ano passado, ao lado de outras 16 agroindústrias do município a empresa participou da primeira etapa do projeto para incentivo às agroindústrias de Cacoal. O Sebrae e a Prefeitura fomentam  os negócios com recursos investidos em segurança alimentar, identidade visual, registro de marca, licença ambiental e mapeamento de processos.

Em 2019 o foco será em eficiência energética, com projeto para implantação de energia Fotovoltaica, além de gestão financeira, marketing e outros quesitos de qualidade  para agregar valor aos produtos. Para isso foram liberados R$ 70 mil, sendo R$ 35 mil do Sebrae e R$ 35 mil do Fundo Municipal de Agricultura.

Segundo o coordenador dos programas de recuperação e Solo e Agroindústrias, Jorge Murer, esta será uma oportunidade única para as empresas locais. “É uma vitrine de negócios para as empresas de Cacoal, que dá a oportunidade do empresário estar mostrando seu produto para os clientes em potencial”, disse.

Horto municipal tem 200 mil mudas de espécies nativas para doação à comunidade

Um lindo viveiro no meio do bairro Nova Esperança. O Horto municipal é um reduto de beleza com centenas de espécies nativas, que podem ser doadas para a comunidade. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Francisco da Nóbrega, já foram atendidas 2,5 mil propriedades rurais.  Os agricultores buscam principalmente espécies de açaí, cupuaçu, cacau e outras espécies frutíferas.

Mas ali também é possível encontrar ipês amarelos, verdes, roxos, rosas, além de Cerejeiras, mogno, palmeiras, Oitis e outras variedades. Quando crescem além de sombra as árvores também embelezam a cidade e contribuem para o paisagismo.

Ao longo dos últimos meses do período chuvoso foram plantadas cerca de 1,2 mil árvores de Ipês em áreas públicas. “É recomendável que as árvores sejam plantadas no período chuvoso, para evitar desperdício de mudas, a menos que a pessoa tenha como irrigar”, disse. Outras 700 mudas de palmeira imperial estão sendo cultivadas para serem plantadas quando iniciar o próximo período de chuvas.

Mercado do Café de Cacoal e outros 14 municípios é fortalecido com criação da Caferon

A prefeita Glaucione recepcionou os prefeitos dos outros municípios, que fazem parte da região da Indicação Geográfica da região do Café ‘Matas de Rondônia’
Uma noite de histórias, de pioneiros que há mais de 40 anos escolheram Rondônia para começar a cultivar o grão que transformaria completamente a vida e a própria qualidade do café. Nesta época Juan Travain ainda nem havia nascido. O jovem empreendedor e produtor rural, agora assume a Caferon, Cafeicultores Associados da Região Matas de Rondônia. O lançamento da associação foi feito no Cacoal Selva Park, numa noite festiva.
“Cafés especiais são feitos por pessoas especiais”. Parafraseando a prefeita Glaucione, uma das incentivadoras da cultura do café, o presidente da entidade mostrou entusiasmo e pediu a parceria de todos para fortalecer o café da região – dos tipos Conilon e Robusta –  e elevar o nome de Cacoal e de Rondônia em busca do aumento da produção e qualidade do grão.
O vice-presidente Leandro Dias, cafeicultor empossado ao lado da diretoria do órgão, lembrou da época em que o café do estado era colhido estragado, com a falta de tecnologia para cultivo e secagem, na época de baixa em que não se acreditava na revitalização da cafeicultura. “Hoje estou impressionado com o que está acontecendo com o café. Parabéns a prefeita Glaucione pela iniciativa pioneira de incentivo à retomada da cafeicultura, bem como aos técnicos da Emater e Embrapa pelo trabalho de pesquisa, além do Concafé, que tem ajudado a melhorar a qualidade do grão, e as tecnologias de irrigação e secagem. Todo o processo do café tem melhorado”, analisou.
Pioneiro do café, Ezequias Pereira Leal, começou a cultivar ‪há 43‬ anos em Cacoal. Conhecido popularmente como ‘Tuta Café’ é um dos entusiastas da cafeicultura. “Uma vez produtor de café, da indústria, ou exportador, a gente leva o café no sangue”, disse, ao reconhecer o importante legado da prefeita Glaucione para colocar o café como política prioritária do governo para a agricultura.
A prefeita Glaucione recepcionou os prefeitos dos outros municípios que fazem parte da região da Indicação Geográfica da região do Café ‘Matas de Rondônia’ que marcaram presença, assim como o vice-governador José Jordan, o presidente da Comissão de Agricultura, Deputado Cirone Deiró, além de cafeicultores, extensionistas rurais, pesquisadores, secretários de agricultura, representantes de entidades ligadas ao café no estado e no país  e outros convidados.
A associação foi criada após uma série de atividades promovidas desde o ano passado pela Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com Associação Brasileira de Café (ABIC), Conselho dos Exportadores de Café do Brasil. O trabalho é realizado ainda com parceria da Emater e Embrapa, fomentadores e realizadores da melhoria genética do café de Rondônia. Bem como Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Os municípios que fazem parte do grupo da Indicação Geográfica do café são: Cacoal, Rolim de Moura, Espigão d’Oeste, Ministro Andreazza, Alta Floresta, Alto Alegre dos Parecis, São Miguel Do Guaporé, Alvorada d’Oeste, Santa Luzia d’Oeste, Novo Horizonte d’Oeste, Seringueiras, Primavera de Rondônia, São Felipe d’Oeste e Castanheiras.
A prefeita Glaucione Rodrigues, que participou desde o início dos trabalhos, em julho de 2017, foi a única mulher a compor a mesa de autoridades. Vinda do Espírito Santo com a família atraída pelo café, ainda criança, viveu o ciclo de ‘ouro’ do café. Uma época em que, ainda sem tecnologia o pesquisa, o estado chegou a produção 3,5 milhões de sacas por ano. A ligação afetiva, pessoal com o grão e com a cultura do café é um marco da administração. “Quando entrei na prefeitura decidi escolher uma cultura para investir e foi o café”, disse.
Ainda enquanto deputada, há aproximadamente há quatro anos, ao lado de pessoas que acreditavam na revitalização da cafeicultura – ajudou a fomentar a cultura do café para resgatar o título de ‘Capital do café’ – segunda economia do estado, perdendo apenas para a pecuária de corte. Ao perceber o declínio da cultura do café apresentou emenda para investir na revitalização desta cultura. Foi a partir deste momento que a cafeicultura passou a fazer parte das políticas de governo para a agricultura. “Quando era deputada eu não descansei enquanto o café não foi incluído nas propostas para o setor no estado”, relembrou.
A perspectiva do fomento à atividade é de aumentar a produção para mais de 5 milhões de sacas, diminuindo a área de cultivo, através da tecnologia. A Emater e a Embrapa trabalham com pesquisa e desenvolvimento da melhoria genética do grão. Um dos trabalhos importantes neste processo foi a criação do concurso Concafé. A quarta edição do evento será em outubro deste ano.
1 2