Fortalecimento do café por meio da qualidade do grão é foco de dia de campo

O café de Rondônia e de Cacoal ganha mercado a cada ano por meio do melhoramento da qualidade do grão. A cultura do café é parte da história de Cacoal. Hoje o setor é responsável por 32% da economia do município.

Através de parceria da Embrapa e Emater é produzido um café de alta qualidade, um grão híbrido, através da mescla dos tipos Conilon e Robusta. É o projeto ‘Robustas Amazônicas: Novas Cultivares Híbridas’. Foram 10 anos de pesquisas para o desenvolvimento deste tipo de café, com alta produtividade e qualidade.

Neste dia 5 de abril foi realizado um dia de campo na propriedade do cafeicultor Edmar Flegler, no setor Eletrônica, na linha 21. Ele contou que o café híbrido é um experimento feito para o clima amazônico, para melhorar a produtividade e qualidade.

Assim como millhares de imigrantes, a família da prefeita Glaucione Rodrigues veio para Rondônia do Espírito Santo, atraída pela cafeicultura. Ela lembrou que na época não havia tecnologia para sustentar a produção, mas hoje a cultura do café está transformada. “Hoje temos um café excelente. A propriedade do seu Edmar mostra uma lavoura de dois anos com uma produção fantástica”, comentou.

O chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Rondônia, Frederico Botelho, explicou que assim como esta propriedade outras 25 estão produzindo a nova qualidade de café, monitoradas pela Embrapa e Emater. “Aqui é uma fase final de um longo período de pesquisas para chegar a estes resultados, desta tecnologia para disponibilizar aos produtores”, disse.

Presidente  da Comissão de Agricultura e Política Rural, o deputado Cirone Deiró também participou do trabalho. Sempre atento às necessidades do homem do campo, enalteceu o potencial da cafeicultura. “Nós estamos cobrando da Secretaria de Agricultura investimentos, que os técnicos e a tecnologia estejam sempre mais próximos do produtor rural”, concluiu.

 

Prefeitura destina recursos para contrapartida e realiza Licitação do ônibus do Cernic no próximo dia 11

A licitação só foi autorizada depois de análise dos técnicos do Programa Calha Norte, do Governo Federal

No próximo dia 11 de abril às 9h, a Superintendência de Licitação da Prefeitura de Cacoal realiza pregão eletrônico para a compra de um ônibus devidamente adaptado para atender ao Centro de Reabilitação Neurológica de Cacoal- CERNIC. A data inicial do pregão eletrônico era 13 de fevereiro, mas foi suspensa para atender solicitação do CERNIC para ajustes e complementação técnica do projeto inicial. A licitação é a ultima fase de um processo de compra pública.

As alterações solicitadas pelo CERNIC foram aprovadas no dia 20 de março, pelo Siconv- Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal- órgão responsável pela autorização do convênio do governo federal com as prefeituras. A partir desta autorização foi necessária nova publicação em diário oficial divulgando a realização da licitação por meio de pregão eletrônico para o próximo dia 11 de abril.

O recurso para a aquisição do ônibus é resultado de uma emenda parlamentar individual do senador Ivo Cassol, alocada junto ao Ministério da Defesa – Programa Calha Norte, no valor de R$ 400 mil. A emenda parlamentar é a primeira fase do processo que inclui elaboração e cadastro do projeto, assinatura de convênio e autorização do órgão do governo federal para a licitação.

Para formalizar o convênio a Prefeitura precisou disponibilizar no orçamento do município uma contrapartida no valor de R$ 70 mil. A destinação deste valor recebeu prioridade Prefeitura por se tratar de um convênio destinado ao transporte de  pessoas com necessidades especiais atendidas pelo CERNIC.

Passo a passo realizado pelos técnicos do Governo Federal e da Prefeitura de Cacoal para a realização da referida licitação

Em 14.03.2017, a Prefeitura recebe via e-mail, ofício n. 040/2017/GSICAS, informando a destinação do recurso. Em 15.03.2017 a Secretaria Municipal de planejamento-Semplan, iniciou o cadastramento da proposta n. 014470/17, no portal de convênios Siconv.

Em razão de o município ter apresentado a documentação exigida em 17.05.2017, obteve parecer favorável à formalização do convênio, conforme demonstrado no parecer em anexo. Após ocorreram os demais trâmites administrativos junto aos setores competentes do programa Calha Norte, sendo que em 13.11.2017 foi firmado o respectivo convênio.

Com o intuito de atender a instituição CERNIC e agilizar os trâmites para possibilitar a aquisição do bem (ônibus adaptado), a Prefeitura como forma de agilizar a licitação, enviou o oficio n. 05/PMC/GAB/2018 ao Ministério da Defesa solicitando antecipação da autorização para o procedimento licitatório, antes da análise dos técnicos do Calha Norte.

Em resposta, o Programa Calha Norte-PCN emitiu despacho n. 036/DIENG/DPCN/SG/MD de 23.02.2018 informando quanto a impossibilidade de antecipar a autorização para a Prefeitura realizar o certame, justificando que o mesmo deveria aguardar a análise do corpo técnico do Programa Calha Norte-PCN.

Em virtude da portaria Interministerial n. 424, a equipe de engenharia do Programa Calha Norte-PCN iniciou a análise das propostas de 2017 somente em 2018, e em 05.12.2018 foi emitido parecer aprovando a documentação técnica do respectivo convênio.

Em 18.12.2018, a documentação para formalização do processo licitatório foi enviada para a SEMOSP, que formalizou o processo 10254/2018. Após este procedimento foi emitido o pregão eletrônico n. 04/2018, com abertura para o dia 13.02.2019.

Em 06.02.2019, representante do CERNIC enviou oficio n. 06/2019, solicitando complementação técnica do projeto inicial, o que foi  acatado pelo município. Após providenciada a publicação da suspensão do procedimento licitatório em 12.02.2019.

No dia 25.02.2019, foram  inseridas no sistema Siconv as modificações propostas pelo CERNIC, aprovadas em 20.03.19.

A SUPEL publicou o edital com as alterações no dia 28.03.19, sendo que a abertura ocorrerá na data de 11.04.19.

Sempre primando pela transparência, seguimos os procedimentos legais para a compra do veículo.

Cacoal recebe prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae por projeto de recuperação de nascentes

Um projeto ambiental que está recuperando e zelando pelo bem mais precioso da humanidade: A água. Por meio de um trabalho da Prefeitura de Cacoal, realizado pela Secretaria de Agricultura, a prefeita Glaucione Rodrigues recebeu o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, na noite desta terça-feira, em Porto Velho, na categoria ‘Inovação e Sustentabilidade’, pelo programa ‘Renascer das Águas’.

Um reconhecimento importante, compartilhado com a equipe que torna possível este belo trabalho: O coordenador dos programas, Jorge Murer e equipe técnica da Secretaria Municipal de Agricultura e Secretaria de Meio Ambiente.

A prefeita agradeceu também o apoio de empresários, aos servidores da prefeitura e à população de Cacoal. “Esta premiação é extensiva aos servidores da prefeitura, que trabalharam diretamente neste projeto. Agradeço também pelo trabalho e apoio o vice prefeito e deputado Cirone Deiró”, disse.

No estado foram classificados 16 municípios para concorrerem na etapa estadual. Foram premiados programas em quatro categorias: Políticas públicas para o desenvolvimento de pequenos negócios, Compras governamentais para pequenos negócios, Pequenos negócios no campo e Inovação e Sustentabilidade. Esta última categoria contempla projetos que estimulem pequenos negócios quanto à inovação de processos, produtos, gestão e Marketing, bem como à sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Cacoal concorreu na categoria Pequenos Negócios no Campo, com o projeto ‘Terra Forte’, que promove apoio às agroindústrias locais, por meio de aperfeiçoamento da produção e melhoria da qualidade. E com ‘Inovação e Sustentabilidade’, com o projeto Renascer das Águas, para recuperação de nascentes. Projeto que saiu vencedor nesta categoria. Os vencedores da etapa estadual disputam a etapa nacional com outros municípios brasileiros.

‘Autismo não é doença’, campanha alerta sobre importância da informação

A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed) em parceria com uma livraria, o Cacoal Shopping e participação do município, realizaram ciclo de palestras sobre o Autismo, na praça de alimentação do shopping. O evento atraiu centenas de pessoas com palestras conduzidas por Neuropediatras, Psicólogas, Psicopedagogas, Fonoaudiólogas e outros profissionais.

A importância acerca da informação é o foco dos trabalhos, já que é o Autismo é pouco conhecido e ainda muito estigmatizado.

O evento marca o Dia Mundial do Autismo, celebrado anualmente em 2 de abril. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007, para a conscientização sobre o tema. O Autismo ou Transtorno do Espectro Autista altera habilidades de comunicação e interação. Provoca alteração de todos os sentidos, modificações motoras e psicológicas.

Muitas mães de crianças e adolescentes que apresentam os sintomas participaram do evento. Lúcia Ferreira é pedagoga, especialista em Educação Especial e mãe do pequeno Luiz, de cinco anos, diagnosticado com um grau leve de autismo. O menino tem habilidades intelectuais importantes, mas não fala, dificultando a interação na escola e no ambiente familiar.

Há cerca de um ano ela criou a Associação Municipal de Autistas de Cacoal (Amac), para ajudar outras mães a enfrentarem os mesmos dilemas que enfrenta. O filho está na escola regular, mas precisa de atendimento especializado com Fonoaudióloga, Psicóloga e acompanhamento pedagógico. O gasto mensal chega a R$ 3,5 mil, incluindo os medicamentos que ele toma. “Quero ajudar mães como eu na questão financeira, um grupo como esse melhora a qualidade de vida da criança e da família”, constatou.

Atualmente 53 mães de crianças e adultos autistas fazem parte do grupo. A ideia da profissional é criar uma clínica escola para atendimento especializado às crianças de forma gratuita. “Montar uma equipe multidisciplinar para alfabetização, atendimento físico/motor, psicológico e terapias ocupacionais”, disse.

Assim como ela, a psicóloga que organizou o evento, Michele Romão, também tem um filho autista. O objetivo de ações como esta é promover visibilidade sobre o assunto. “Queremos diminuir este estigma, por isso fizemos as palestras aqui na praça de alimentação do shopping para instigar a curiosidade das pessoas”, comentou.

O secretário de saúde, Célio Candil, representou o município no evento. Segundo ele, é preciso unir esforços para trabalhar a questão de forma mais humana e a informação ajuda a diminuir o estigma e o preconceito. “Precisamos nos unir para auxiliar as famílias, as escolas e as crianças”, concluiu.

Prefeita apresenta plano de investimentos e execução de obras para empresários

“Recebemos as informações sobre os novos investimentos com muito otimismo. Sempre acreditamos nos resultados positivos do trabalho da prefeita Glaucione Rodrigues. Estou confiante que 2019 será o ano da efetivação e execução de muitos dos projetos que a prefeita idealizou para o nosso município”.

A afirmação foi feita pelo presidente da Associação Comercial e Industrial (ACIC), empresário Delmar Sepp, nesta segunda-feira, logo após a prefeita Glaucione Rodrigues apresentar balanço dos investimentos em obras e serviços que estão sendo realizados na área urbana e rural do município. Na ocasião, a prefeita também detalhou o plano de investimento e execução de obras para 2019.

De acordo com o plano de trabalho, serão investidos recursos na ordem de R$ 40 milhões para a execução de obras de pavimentação asfáltica, drenagem, de acessibilidade, calçadas e sinalização urbana. Além das obras de um novo hospital, em fase avançada de execução, com investimentos na ordem de R$ 19 milhões, bem como reformas de unidade de saúde e outros recursos, que somados vão melhorar a qualidade de vida da comunidade.

Para o empresário do setor imobiliário, Carlos Sefrin, este é um momento singular com impacto positivo também para os negócios, e contribui de maneira fundamental para o crescimento e desenvolvimento do município. “Vejo que os novos investimentos que serão realizados pela Prefeitura vão aquecer a economia e abrir novas perspectivas de negócios para todas as áreas de atividade econômica”, concluiu.

O empresário da indústria de confecção, Cléverson Oliveira reconheceu a importância da iniciativa da prefeita. “Quero parabenizar a prefeita pela determinação e transparência para transformar o município”.

O deputado Cirone Deiró também enalteceu o compromisso da prefeita com os investimentos no município, administrando as contas públicas com transparência e responsabilidade. “Sinto me honrado de fazer parte deste trabalho em prol do nosso município”.

O empresário e ex-vice-prefeito, Wilson Stecca, também enfatizou a importância dos investimentos públicos para a economia local. “Somos testemunhas do trabalho e esforço da prefeita Glaucione pela busca de recursos para a execução de obras no município. “ os resultados beneficiarão todos os segmentos da sociedade cacoalense”, afirmou ao declarar que  cada um na sua área todos contribuem para o fortalecimento da economia para o crescimento de Cacoal.

A prefeita agradeceu o apoio que sempre recebeu dos empresários e do setor produtivo local. “Estamos  compartilhando nosso plano de trabalho e investimentos com os empresários, como forma de prestação de contas e também para fortalecer o vínculo com o setor, finalizou.

Agroindústria de Cacoal amplia vendas para Rondônia, Acre e Amazonas

Uma casa simples de madeira, construída dentro de um lago para criação de pirarucus. O cenário perfeito para quem quer paz e tranquilidade. Mas na propriedade do senhor Gilmar Garcia, na linha 11, onde vive com o filho Alexandre e a esposa Marlúcia Garcia o foco é no trabalho.

Eles têm uma agroindústria de fracionamento e distribuição de torresmo e água de coco, a Da hora Alimentos.  A empresa começou em 2012, com comercialização de mandioca embalada a vácuo. Mas para ganhar mercado ele mudou o foco da produção.

Alexandre começou cedo a tomar a frente dos negócios, e aos 17 anos já liderava a equipe. “Pra mim foi bastante difícil, principalmente na parte de liderar pessoas. Já são dois anos que faço este trabalho, de organizar desde o financeiro até o estoque e a produção”, disse.

Segundo Alexandre o petisco é um ‘ilustre desconhecido’. Além de gostoso, o torresmo tem proteína, gordura boa e é ‘low carb’, ou seja, tem zero carboidrato, um prato cheio para quem gosta de sabor e nutrientes.

O negócio cresceu muito e hoje emprega três colaboradoras. Ao longo dos últimos sete anos eles ganharam mercado rapidamente. Já comercializam os produtos em Rondônia, além de algumas cidades do Acre e Manaus. A produção é de quatro toneladas de torresmo fracionado por mês e cerca de 1,2 mil litros de água de coco.

Seu Gilmar também atribui o sucesso e o crescimento do negócio familiar ao apoio da atual prefeita Glaucione Rodrigues, sempre atuante na agricultura e apoio ao trabalho do homem do campo. “Foi por meio do incentivo da Prefeitura que demonstra o compromisso da prefeita Glaucione  e do Sebrae que temos conseguidos nossos avanços. Isso nos deu aval junto aos nossos clientes, onde nossos produtos ficaram mais apresentáveis e confiáveis”, observou.

Ao lado de outras 16 agroindústrias do município eles participaram da primeira etapa do projeto para fomento às agroindústrias de Cacoal. O Sebrae e a Prefeitura fomentaram  os negócios com investimentos em segurança alimentar, identidade visual, registro de marca, licença ambiental e mapeamento de processos.

Em 2019 o foco será em eficiência energética, com projeto para implantação de energia Fotovoltaica, além de gestão financeira, marketing e outros quesitos de qualidade  para agregar valor aos produtos.

A gerente do Sebrae, Thuylla Gomes visitou a propriedade, ela enalteceu a força de Cacoal no setor produtivo agroindustrial. “Cacoal tem tido um destaque no cenário estadual quanto às agroindústrias e vamos beneficiar o município novamente”, observou.

O coordenador dos programas de Agroindústria Familiar, Jorge Murer, sempre acompanha o produtor, como incentivador e amigo. Segundo ele, o apoio do município à agricultura e as agroindústrias tem transformado a vida do homem do campo, mantendo os jovens na área rural e fortalecendo a economia de quem leva comida à nossa mesa.

Cacoal é a capital do agronegócio do Estado nestas quinta e sexta

Cacoal sedia nesta quinta-feira (21) e sexta-feira (22) a 4ª Rodada de Negócios da Rondônia Rural Show, que acontece no Complexo Beira Rio. A abertura aconteceu na manhã desta quinta, com a presença de produtores, empresários e autoridades municipais e estaduais, que destacaram a importância do evento para o fortalecimento do agronegócio em todo Estado. A expectativa é que nesses dois dias haja R$ 15 milhões de movimentação financeira, segundo informou Luciano Brandão, presidente da Emater.

Na abertura do evento a Prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, lembrou do trabalho que vem sendo feito para o fortalecimento do setor produtivo e destacou a Festa do Café, realizada pela primeira vez em 2018 e que já trouxe resultados, com a procura de empresários do Café 3 Corações, que pretendem investir na região. Ela lembrou ainda que Rondônia é o segundo maior produtor nacional de peixe em cativeiro, o terceiro maior produtor de café e o quarto maior produtor nacional de carne, evidenciando a vocação agrícola. Para Glaucione, Cacoal e Rondônia precisam saber da sua importância no cenário nacional, valorizando o homem do campo, que é o maior responsável por todas as conquistas de produção.

Além de Cacoal, a Rodada de Negócios acontece em mais seis municípios, todos visando antecipar negócios para a 8ª Rondônia Rural Show, que está programada para acontecer de 22 a 25 de maio, em Ji-Paraná.

Além da Prefeita Glaucione e do Presidente da Emater, estiveram presentes à abertura da 4ª Rodada de Negócios, o Superintendente Federal de Agricultura, Walter Lins; o presidente da Câmara de Vereadores de Cacoal, Valdomiro Corá; Celso Adame, do Departamento de Estradas e Rodagens de Cacoal; gerentes da Emater e representantes de instituições financeiras.

Programa Líder Sebrae: Agronegócios, Turismo, Empreendedorismo e Governança vão nortear trabalhos

Foco no desenvolvimento econômico com ênfase em quatro eixos: Agronegócios, Turismo, Educação Empreendedora e Governança. Esta é a proposta do Projeto de Desenvolvimento Econômico da região Centro Leste de Rondônia, pelo programa Líder Rios de Rondon, do Sebrae, lançado nesta semana, em um evento realizado no Centro Cultural Antônio Augusto Neves, em Pimenta Bueno.

Cacoal, Pimenta Bueno, Espigão d’Oeste, Presidente Médici, Primavera de Rondônia, Parecis, São Felipe, Ministro Andreazza, Alvorada d’Oeste e Castanheiras serão beneficiados com projetos nos quatro eixos. Foram oito encontros promovidos pelo Sebrae com 35 líderes, que também participaram de missão técnica na região Sudoeste de Minas Gerais, para conhecerem um trabalho inovador, com foco na produção de queijo naquela região.

No evento os prefeitos dos 10 municípios contemplados receberam das mãos dos líderes um projeto para execução de ações nos diversos eixos propostos. A prefeita Glaucione Rodrigues, presente no evento, elogiou a iniciativa e recebeu as propostas para Cacoal. Os eixos contemplam ações até o ano de 2027.

JIR 2019 será em Cacoal e movimentará mais de R$ 2 milhões na economia

Em 2019 Cacoal será sede dos Jogos Intermunicipais de Rondônia e na manhã desta sexta-feira (15) foi anunciado o planejamento para a organização dos jogos. A Prefeitura de Cacoal será responsável pela organização e a Autarquia Municipal de Esportes (Amec) tem a responsabilidade de executar as ações de suporte a atletas e comissões técnicas, tabela de jogos, alimentação e transporte. Os jogos serão realizados de 30 de agosto a 10 de setembro e todas as estruturas disponíveis no município serão utilizadas para os jogos.

Para que pudesse sediar os jogos, Cacoal disputou com mais de 20 municípios de Rondônia, em uma seletiva organizada pela Secretaria Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), em janeiro.

Na assinatura do termo de realização dos jogos, Prefeita Glaucione Rodrigues lembrou que, além de uma grande competição esportiva, o JIR movimenta a economia, já que só o governo estadual injetará mais de R$ 2 milhões para a realização dos jogos em Cacoal. Participaram da assinatura, os deputados Cirone Deiró (PODE), Eyder Brasil (PSL) e o Superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira dos Santos.

Cacoal é o maior campeão dos jogos, que aconteceram pela primeira vez em 1983 e ficou inativo por mais de duas décadas. Em 2011 a competição foi resgatada pelo governo estadual com a proposta de incentivar o crescimento do desporto integrando atletas de todas as regiões de Rondônia.

Em 2018 Cacoal foi campeão dos jogos, realizados de 14 a 29 de setembro, em Vilhena, somando 474 pontos. Porto Velho e Vilhena ficaram com a prata e o bronze, respectivamente, com 383 e 203 pontos.

Em 2018 o JIR mobilizou 1700 atletas de 28 dos 32 municípios inscritos em 16 modalidades individuais e coletivas e em 2019, a expectativa é que esse número de atletas seja ainda maior.

Novas Agroindústrias serão beneficiadas com programa de melhoria da produção

O setor produtivo em Cacoal cresce a cada ano com indústrias do setor primário da economia. Hoje já são 50 empresas. Os pequenos empresários, que produzem na maioria produtos alimentícios tem tido seus negócios fomentados com investimentos da prefeitura e Sebrae. Prova disso são os projetos desenvolvidos desde 2017, através de convênio com o município.

Em 2018 foram feitos investimentos em 16 empresas, com foco em alguns itens de segurança alimentar, identidade visual, registro de marca, licença ambiental, mapeamento de processos; entre outros requisitos para melhorar a comercialização e ganho de mercado.
A proposta é levar as agroindústrias para um novo patamar em 2019, com foco no controle financeiro, marketing digital, vendas pela Internet e outros itens importantes para o aumento da produtividade e renda.
O secretário de Agricultura, Sidcley Sotelli lembrou que no ano passado três agroindústrias de Cacoal foram contempladas com prêmios de qualidade, prova de que o investimento e as melhorias tem dado resultado no mercado.
A Secretaria tem contribuído ainda para a qualificação de agricultores em relação às suas demandas. No ano passado 600 agricultores foram capacitados em diversas áreas por meio de 22 cursos de capacitação oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).
1 2 3 4 5 30