Procurador-geral esclarece que serviço de hemodiálise não será paralisado em Cacoal

O procurador- geral do município Walter Matheus Bernardino Silva esclarece a população de Cacoal, que serviço de hemodiálise não será paralisado. Ao contrário do vem sendo circulado em veículos de comunicação da cidade e em redes sociais, não há falta de recursos para custear os serviços de hemodiálise, a prefeitura está cobrando apenas a aplicação correta dos recursos públicos.

“No contrato para hemodiálise, além do procedimento é contemplado medicamentos, insumos e o profissional da saúde que acompanha os pacientes. Quando o Ministério da Saúde paga pela hemodiálise essas despesas já estão cobertas, ocorre que foi detectado pela administração municipal que esses valores estavam sendo lançado em separado, com isso, o município estava pagando duas vezes pelo mesmo serviço”, aponta.

O procurador informa ainda que o município não está restringindo serviços, e que nenhum paciente será prejudicado por falta de atendimento.

“Quando o paciente está sobre tratamento ele pode necessitar de consultas com profissionais, como psicólogo, fisioterapeuta, assistente social e outros, e o município não está impedindo que isso aconteça, o que a administração está exigindo é que seja feito da forma correta, tendo em vista que no relatório apresentado pela empresa constava de 90 a 100 consultas ao mês com um único paciente. É difícil imaginar que alguém irá realizar esta quantidade de consultas em um mês”, frisa.

A presidente da comissão de controle e avaliação da Secretaria Municipal de Saúde, Edna Mota, reforça que nenhum paciente ficará sem atendimento, mesmo que a atual empresa deixe de oferecer o serviço.

Semana Nacional de Trânsito é aberta em Cacoal

Com o tema ‘NÓS SOMOS O TRÂNSITO’ foi aberta oficialmente na noite da segunda-feira (17), em Cacoal, a Semana Nacional do Trânsito, que é celebrada em todo o Brasil, de 18 a 25 de setembro. A programação que é composta por uma série de atividades de conscientização teve início pela manhã com a caminhada pela paz no trânsito, com a participação de estudantes e representantes dos órgãos envolvidos na campanha.

As ações que são desenvolvidas em parceria entre a Prefeitura de Cacoal, por meio da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Semttran), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), tem por  objetivo envolver diretamente a sociedade nas ações e propor uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. A cerimônia de abertura foi realizada no auditório do campus da Universidade Federal de Rondônia, e contou também com a presença de universitários.

Durante sua fala, o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Charles Duarte, destacou algumas atividades de conscientização desenvolvidas pela secretaria. Lembrou também de mortes por acidente de trânsito no município e apontou algumas ações que devem ser adotadas por condutores e pedestres a fim de garantir mais segurança no trânsito. “É preciso ter consciência de nossas ações no trânsito, tendo em vista que todos os usuários têm responsabilidade por tudo que acontece nas vias públicas”, expõe.

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Santos Cláudio, falou sobre a participação da instituição na campanha e apontou as estatísticas de mortos em acidentes de trânsitos no Brasil no último ano. De acordo com os dados, 41 mil pessoas morreram de acidente no Brasil, em 2017, sendo 114 por dia, quatro por dia e uma a cada 15 minutos.

Cacoal

Em Cacoal, a moto continua sendo a maior causadora de acidentes. Segundo o 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Cacoal, no último mês de agosto foram registrados 89 acidentes de trânsito com vítimas, destes 72 tiveram motocicletas envolvidas. “Este é número muito alto para Cacoal. É preciso mais atenção no trânsito, principalmente pelos condutores de motocicleta, tendo em vista, que muitas pessoas estão morrendo e matando no trânsito. É bom lembrar que junto com a vítima, toda a família morre aos poucos após um trágico acidente”, expressa o subcomandante do Corpo de Bombeiros, capitão Edmar Melo Braga.

Programação

A programação segue até a sexta-feira (28), com atividades educativas em escolas, blitz educativas, pit stops em apoio ao Projeto da Ifro: “Sou deficiente, mas não diferente! Votar é meu DIREITO.”, passeio ciclístico, palestra com mototaxistas, taxistas e motoboys, blitz sobre acessibilidade, palestras em empresas e ações educativas no campo do Village do Sol.

Cacoal contará com 250 atletas no JIR 2018

Os Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR), considerada a maior competição esportiva do estado, se inicia nesta sexta feira (14), e com o apoio da Prefeitura de Cacoal, através da Autarquia Municipal de Esportes de Cacoal (Amec), 250 atletas irão representar o município nos jogos que acontecem em Vilhena este ano.

Com sua primeira edição realizada em 1983 na cidade de Ji-Paraná, a competição foi realizada anualmente até o ano de 1986, dando uma breve parada e voltando com tudo no ano de 2011 com Cacoal sediando a edição daquele ano. Em 2018 Vilhena sediara a 12ª edição do JIR com Cacoal sendo o maior vencedor dos jogos com sete títulos e buscara neste ano se tornar octacampeão.

Os jogos Intermunicipais têm como objetivo estimular o desenvolvimento técnico esportivo dos atletas, redimensionar os valores sociais, culturais e esportivos dos participantes, democratizando a prática esportiva no estado, e trazer de volta a competição de nível estadual a atletas com idades acima de 18 anos, antes participantes dos Jogos escolares de Rondônia (Joer). A Prefeitura de Cacoal, por meio da Amec, apóia e incentiva seus atletas que irão para a disputa dos jogos e conta com a população de Cacoal para torcer por seus representantes.

Sinalização de trânsito é revitalizada em Cacoal

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito de Cacoal (Semttran) vem desenvolvendo trabalhos de implantação de sinalização, redutores de velocidade e revitalização das faixas de pedestres em diversos pontos da cidade. O trabalho tem por objetivo garantir mais segurança para pedestres e condutores.

Alguns dos trechos que receberam os serviços de revitalização das faixas de pedestres, implantação de faixas de retenção e outras sinalizações estão a esquina da avenida Porto Velho com a rua São Luiz, no Centro, e a avenida Afonso Pena, próximo a Rodoviária dos Colonos. De acordo com o secretário Charles Duarte os trabalhos desenvolvidos tem o intuito de melhorar a trafegabilidade de pedestres no local, tendo vista que o fluxo de veículos nessas localidades é grande e os pedestres enfrentavam dificuldades para fazer a travessia na via.

A avenida Malaquita no bairro Josino Brito, também foi contemplada com a implantação da de faixa de pedestre em frente ao Hospital Regional. A rua Padre José de Anchieta, que corta os bairros Fortaleza, Arco Iris, Vista Alegre e Habitar Brasil foi outra via que recebeu sinalização horizontal e vertical.

A avenida Amazonas, no Centro, segundo Charles,  onde a população há muito tempo cobrava a implantação de lombadas elevadas em toda a sua extensão, junto com os redutores de velocidade, também recebeu reparos na sinalização.

Todo o trabalho desenvolvido pela Semttran tem por objetivo garantir mais segurança e comodidade para pedestres e condutores. “Faixas de pedestres de qualidade, por exemplo, aumentam a sensação de segurança para as pessoas na hora de atravessar ruas e avenidas”, conta.

Ainda conforme secretário, os serviços estão sendo executados de acordo com a demanda do município, porém mesmo com um ritmo não tão intenso a cidade vai tomando forma com a revitalização da sinalização e com as que estão sendo implantadas. O trabalho é realizado com apoio dos agentes municipais de trânsito, equipe de sinalização e da Secretaria Municipal de Obras.

 

Carreta de prevenção e detecção da hanseníase estará em Cacoal

Cacoal receberá a partir da segunda-feira (13), a carreta do “Projeto Roda Hans”, que oferecerá a população de forma gratuita, até a quarta-feira (15), exames e orientações para detectar e prevenir contra casos de hanseníase. Na segunda-feira (6), servidores de saúde de Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste, Cerejeiras e Vilhena, participaram de uma oficina de capacitação para atuarem nos atendimentos durante a passagem da carreta por esses municípios.

De acordo com a diretora geral da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Arlete Baldez, a mobilização é comandada pelo Ministério da Saúde e desenvolvida em Rondônia pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) em parceria com as secretarias municipais de saúde. “Esta ação acontece pela primeira vez no Estado, com o objetivo de mobilizar a população para ir até a carreta, onde serão realizados os procedimentos de prevenção à detecção a hanseníase”, explica.

A secretária municipal de Saúde, Joelma Cesana, explica que Cacoal foi o primeiro município a aderir o Projeto Roda Hans. “Por acreditar que a população necessita deste atendimento para diagnosticar de maneira precoce a doença fomos o primeiro município a dizer sim ao projeto em Rondônia”, revela.

Ainda segundo a secretária, a carreta ficará estacionada em frente à prefeitura, e os atendimentos que estão sendo agendados nas unidades de saúdes serão realizados pela manhã. “ “As pessoas que queiram participar do projeto devem realizar o agendado do serviço nas unidades de saúde até a sexta-feira (10). Também haverá atendimentos as pessoas que passarem pelo local em busca dos serviços sem agendamento.

Doença

Além dos exames, o objetivo da ação é conscientizar a população sobre a importância da prevenção, do diagnóstico e do tratamento da hanseníase. A doença é crônica e infecciosa, que evolui de forma lenta e quieta.

Entre os sintomas, há a sensação de formigamento, dormência nas extremidades do corpo, aparecimento de manchas brancas ou vermelhas e diminuição na força muscular.

A transmissão da hanseníase é pelo contato com outras pessoas que já contraíram a doença, mas não a trataram. Porém, a doença tem cura. O tratamento contra a hanseníase é gratuito e feito nas unidades de saúde.

Cerimônia de juramento à Bandeira será realizada nesta quinta, 5, em Cacoal

 Solenidade será realizada às 8 horas, em frente à prefeitura.

Em Cacoal, cerca de 300 jovens nascidos no ano 2000, que se alistaram começo do ano devem participar nesta quinta-feira (5) da cerimônia de juramento a bandeira para a retirada do Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI).  A solenidade será realizada às 8 horas, em frente à prefeitura, com a presença de autoridades militares e a prefeita Glaucione Rodrigues, que é a presidente da Junta de Serviço Militar no município.

De acordo com a secretária da Junta de Serviço Militar Pauliana Santana Manzoli, para participar da cerimônia, os jovens precisam estar vestidos com calça, camiseta branca e calçado fechado. Quem faltar à cerimônia terá que procurar a Junta Militar para remarcar uma nova data para o juramento a bandeira. Já os jovens que completaram 18 anos e não se alistaram terão que pagar multa.

Alistamento

O Serviço Militar consiste no exercício das atividades desempenhadas pelas Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), em defesa da nação e é obrigatório no Brasil para jovens com 18 anos ou mais. Para o alistamento militar, o jovem deve comparecer à Junta de Serviço Militar de Cacoal levando a certidão de nascimento ou equivalente (identidade, carteira de habilitação ou de trabalho), comprovante de residência e foto 3×4 recente. No caso de ser naturalizado, o interessado deve levar a prova de naturalização ou certidão do termo de opção.

Após o alistamento, será anotado ou anexado no verso do Certificado de Alistamento Militar a data de retorno à Junta de Serviço Militar, para que o jovem possa tomar conhecimento quanto à apresentação na seleção geral ou à dispensa do serviço militar