Os programas são desenvolvidos dentro da programação do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS)

Em Cacoal o Centro de Referência de Assistência social – CRAS, atua como a principal porta de entrada do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, sendo responsável pela organização e oferta de serviços de Proteção Social Básica nas áreas de vulnerabilidade e risco social.

A organização e implementação é feita pela Assistência Social, por meio da Semast. Essa proteção prevê o desenvolvimento de serviços, programas e projetos locais de acolhimento, convivência e socialização de famílias e de indivíduos, conforme identificação da situação de vulnerabilidade apresentada.

O Principal serviço ofertado pelo CRAS é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família – PAIF, cuja execução é obrigatória e exclusiva. Este consiste em um trabalho de caráter continuado que visa fortalecer a função protetiva das famílias, prevenindo a ruptura de vínculos, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF). Pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades dos usuários, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais.

Cursos e atividades desenvolvidas

De janeiro a agosto deste ano já foram atendidas centenas de famílias pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família – PAIF, fornecendo as Famílias a proteção básica integral no âmbito da assistência social a 10.619 pessoas em Cacoal. A meta anual é de atender até 5 mil famílias por ano em situação de vulnerabilidade social Referenciadas ao CRAS, com cursos, oficinas, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) atenderam mulheres e crianças de 6 a 14 anos e idosos. Além disso, foram realizadas campanhas, conferências, projeto Movimento, projeto Embelezamento e autoestima e cadastros para o Residencial Cidade Verde.

Os trabalhos do SCFV foram realizados na AAPC, Abic, no Centro de Esportes Unificado (CEU) do bairro Vista Alegre, com crianças no Riozinho, no bairro São Marcos, no Alpha Park, bairro Paineiras, Morada Digna e linha 9.

Mais de 300 mulheres já foram atendidas com diversos cursos pelo programa Brincando de Roda Bairro a Bairro, são cursos de diversas áreas, para complementação de renda, entre os principais: Panificação, artesanato em Biscuit, pintura em garrafas,  artesanato com garrafas PET, entre outras modalidades em diversos bairros.

Projeto Movimento que oferece hidroginástica, biodança e treinamento funcional em diversos bairros chegou a 2.126 pessoas.

Foi realizado também Curso de Assistente Administrativo com parceria do IFRO e ainda o Projeto social Embelezamento e autoestima (bairro a bairro).

Atendimento com roupas e passagens para pessoas em situação de rua. Várias atividades contam com parceria de estágio com estudantes das Faculdades FAEL e FACIMED.