O Presidente do SAAE, Jadir Hentges usou a tribuna da Câmara de Vereadores de Cacoal, a convite do vereador Paulinho do Cinema, para esclarecer pontos importantes referentes ao abastecimento de água e tratamento de esgoto no município. Amostras de água foram apresentadas para mostrar como está sendo realizado o tratamento de esgoto, na lagoa localizada na RO 383.

Jadir esclareceu que o processo de tratamento dentro da lagoa é feito durante 20 dias em media. “Quando o esgoto é tratado e despejado no rio Machado, temos indicadores e exames que comprovam que os índices estão dentro dos parâmetros normais legais”, disse, ressaltando que a demanda aumentou muito nos últimos anos, sendo necessários mais investimentos na estrutura.

Desde 2009 o número de ligações de água no município saltou de 18 mil e 900 ligações, para atuais 30 mil ligações de água, um aumento de 62% na demanda, com a mesma estrutura de abastecimento e distribuição de 10 anos atrás. Em relação ao tratamento de esgoto a realidade também não é diferente. “Há uma década havia 6,5 mil ligações de esgoto e atualmente são 18 mil ligações com a mesma estrutura da lagoa de tratamento”, explicou.

Vários bairros têm sido contemplados com aumento da rede de esgoto, entre eles o Brizon, no qual foram feitos 1,2 mil ligações, outros bairros também serão contemplados com aumento da rede de esgoto, entre eles: Novo Cacoal, Conjunto Halley, Village do Sol II entre outros. O projeto de redimensionamento da rede de esgoto em Cacoal deverá ser iniciado em breve.

Novos investimentos

Sobre o projeto de R$ 47 milhões, para mudança no sistema de abastecimento e distribuição de água em Cacoal, já está aprovado pela Caixa, aguardando apenas a liberação pelo Ministério das Cidades.