Instituída por decreto, a comissão vai  organizar as ações do Selo Verde, dentro de políticas ambientais e de sustentabilidade, para que as empresas do município possam requerer a obtenção do Selo

Na última semana a prefeita Glaucione Rodrigues recebeu a comissão interdisciplinar que vai avaliar requisitos sobre o Selo Verde, conforme determina a lei nº 4166, de 2018. A comissão foi instituída pelo decreto 7335, e tem membros representantes de secretarias do município e entidades, entre as quais: Secretaria de Agricultura, SAAE, Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Planejamento, CDL, OAB e outras.

Ganho de mercados

A prefeita ouviu as demandas e sugestões do grupo, que deve possibilitar o acesso das empresas para a obtenção do selo, e reforçou o fato de que as empresas locais estão preparadas para avançar.  “Nós temos 42 agroindústrias em Cacoal, extremamente organizadas, e sabemos que a obtenção do selo vai facilitar a comercialização de produtos e o ganho de mercados. Já temos empresas que vendem para fora do estado, no Mato Grosso e Amazonas, que tiveram suporte do Sebrae em projeto de melhoria da qualidade dos produtos, rótulos e controle de qualidade, e podemos avançar mais”.

A obtenção do selo

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Elias Nunes, sugeriu ações para que os trabalhos avancem na obtenção do selo pelas empresas de Cacoal, conforme a legislação ambiental, para a produção sustentável, que garantirá o ganho de mercados e a comercialização de produtos para outras regiões e a garantia de que a comercialização de produtos seja ambientalmente correta. “A gente vai construir nas próximas semanas os critérios dentro do que o município já vem fazendo, com relação às práticas de sustentabilidade, e a responsabilidade com o meio ambiente de modo geral”, disse Elias.

Ainda segundo ele, o processo deve ser concluído em breve, reuniões semanais serão realizadas para organizar as ações e facilitar o acesso das empresas para a obtenção do selo: “Nós vamos integrar tudo isso, e de acordo com o que está em lei vamos estabelecer os critérios para que as empresas possam requerer o Selo Verde. E as averiguações com relação ao cumprimento dos critérios para a obtenção do selo”, explicou.