Um Projeto sobre impactos do uso de agrotóxicos para a saúde humana está sendo realizado em Divinópolis, na UBS Marina Donaria de Lima, na linha 14. Nesta semana foi realizada oficina na unidade.

O trabalho é desenvolvido pela Prefeitura de Cacoal, por meio da Vigilância em Saúde, Secretaria de Agricultura, Idaron e Emater, e conta com parceria do Cerest e Ministério Público, visando a conscientização sobre o risco do uso de agrotóxicos para a saúde humana, tanto em relação à contaminação dos alimentos quanto ao risco de suicídio e tentativas de suicídio associadas aos agrotóxicos agrícolas.

Para se ter uma ideia da gravidade do problema, em Cacoal os casos de tentativas de suicídio são em grande parte provocadas por agrotóxicos: 44% dos casos são relacionadas à ingestão destes produtos, em segundo lugar vem a ingestão de outros medicamentos.

A prefeita Glaucione Rodrigues participou de palestra, dentro das ações do projeto. Ela lembrou que esta é uma ação de conscientização ambiental. “É uma questão de educação ambiental, este projeto visa notificar os casos e conscientizar a população sobre os riscos do produto”, disse.

A promotora de justiça Valéria Giumelli Canestrini reforçou a importância das notificações e da informação em relação ao uso dos agrotóxicos e os riscos para a saúde. “Pra nós discutirmos a questão das notificações, dos números e verificação da questão do agrotóxico e como informar a população e divulgar o uso sustentável da agricultura, por meio da Agroecologia”, concluiu.