Na tarde desta quinta-feira (19/03), a Coordenadora de Vigilância em Saúde, do Grupo de Enfrentamento do CORONAVÍRUS  da Prefeitura de Cacoal,  Ivani  Gromann concedeu entrevista  coletiva a imprensa, para atualizar os números de casos suspeitos, no município.

Foram NOTIFICADOS, mais quatro casos suspeitos, totalizando sete esta semana, esses pacientes estão em ISOLAMENTO domiciliar.  Na manhã desta sexta-feira (20/03) foram colhidas amostras e encaminhadas para o LACEN para que seja feita a contraprova, e é previsto que os resultados sejam disponibilizados dentro de até  três dias.

Dentre os quatro casos suspeitos, estão  homens e mulheres adultos  que se enquadram no grupo de risco da OMS e do Ministério da Saúde, sendo um  caso oriundo do Rio de Janeiro,  um caso vindo de São Paulo, e dois casos do exterior,  casos esses que apresentam sintomas leves, mas que por precaução estão em quarentena (14 dias).

A coordenadora informou que estudos comprovam  que 80% dos casos registrados e confirmados são assintomáticos, ou seja, são de pessoas que não apresentam nenhum sintoma, e que apesar dos pacientes que desenvolvem a doença serem duas vezes mais contagiosos, os assintomáticos chegam a ser seis vezes mais numerosos mesmo com capacidade menor  de infectar outros, tornando-se o motor da pandemia.

Por isso é preciso que haja consciência da população em ficar em casa, pois o vírus pode está circulando despercebido, as recomendações precisam ser seguidas para que não haja surto no município.

Fonte: Assessoria