A Prefeitura através do Grupo de Enfrentamento ao CORONAVÍRUS em Cacoal,  tem feito um trabalho integrado com o Governo do Estado de Rondônia, que em virtude dos três casos confirmados, decretou Estado de Calamidade Pública no estado,  Decreto Governamental nº 24.887.

Uma ação conjunta, com a Polícia Militar, AGEVISA, PROCON, buscando fiscalizar os estabelecimentos comerciais que tentam descumprir também o Decreto municipal, haja vista que nenhuma ação pode seguir em caminhos contrários, onde o Estado vai para um lado e a Prefeitura vai para outro.

Todas as ações são conjuntas e reuniões diárias com a PM, CDL, ACIC, são acompanhadas por técnicos da Vigilância de Saúde para que possa ser dado total tranqüilidade e  transparência à população.

Vale ressaltar o emprenho da CDL, que vem ajudando a Prefeitura, reforçando com comunicados para as empresa o Decreto Estadual,  recomendações do Ministério Público do Estado/ RO, o Decreto Municipal, por meio de todas as suas redes sociais, e canais de informações, e  a contratação de carros de som para informar a população do município de forma mais ampla.

Para agilizar os atendimentos a Prefeitura criou uma Central com três linhas telefônicas, para fazer a triagem de possíveis casos suspeitos, o COVID-19 Cacoal: 3907-4092,                                        99904-2201 / 99908-9426,  que atende das 7hs às 19hs, com orientações dos profissionais, indicando se há necessidade de se deslocar para as Unidades de Saúde  (UBS/UCS).

O município está enfrentando essa pandemia com prevenção, os  profissionais estão sendo capacitados, com objetivo de seguir os procedimentos conforme diretrizes do Ministério da Saúde, sempre com o devido cuidado para não levar pânico para a população, mas tem mantido a precaução de isolamento social para toda a população. A meta é que os serviços de saúde estejam preparados para atender e orientar todos os pacientes com rapidez e segurança.

Já foram registrados 14  casos suspeitos da doença em Cacoal, e são aguardado os resultados dos exames enviados para o Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia- LACEN/RO.  Os casos suspeitos estão sendo monitorados e orientados pelos profissionais da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, que está acompanhando todas as atualizações e verificando diariamente a evolução dos sintomas dos casos suspeitos que estão de quarentena.

 O COMITÊ RECOMENDA:

  – Todos as pessoas deverão permanecer em CASA, exceto as que estão trabalhando nos serviços essenciais.  Decreto Nº 7.589/PMC/2020 de 20/03/2020;

Isolamento domiciliar de 14 dias de pessoas que viajaram para o exterior e outros estados;

Isolamento domiciliar de 14 dias de pessoas com sintomas respiratórios (dificuldade de respirar, tosse seca, dor de garganta e,  acompanhada ou não de febre) e  das pessoas que residem no mesmo domicílio, ainda que estejam sem sintomas.

PREFEITURA DE CACOAL, O ISOLAMENTO SOCIAL AINDA É A MELHOR PREVENÇÃO!

 

Fonte: Assessoria