Boletim diário sobre a pandemia COVID-19

Semusa divulga balanço de vacinação no estacionamento do Shopping Center

Neste sábado, foi realizada a vacinação por drive-thru no estacionamento do Cacoal Shopping e segundo o balanço do pessoal técnico da Secretaria Municipal de Saúde foram aplicadas 1.245 doses de vacinas, incluindo as pessoas que se vacinaram contra covid-19 e as que se vacinaram contra influenza (gripe).

Os números, de acordo com a coordenadoria de vigilância em saúde são os seguintes:

630 doses da Pfizer, 40 doses pediátricas, 95 doses de Astrazeneca, 10 doses de coronac e outras 470 doses de vacinas contra o vírus da influenza (gripe).

A vacinação por drive-thru deve acontecer todas às quartas e sábados nas próximas semanas, sempre das 08 da manhã às 15 horas. O objetivo é imunizar o maior número de pessoas com doses de reforços para diminuir os riscos de internações e mortes por covid-19 no município. Em junho, o total de infectados pela doença foi de quase duas mil pessoas. 

Cacoal não registrou nenhuma morte por covid-19 em junho, apesar de elevação dos casos

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenadoria de Vigilância Sanitária, divulgou no início da noite desta quinta-feira o último Boletim Epidemiológico do mês.

Embora tenha havido um crescimento no número de casos neste mês em relação a maio, o dado positivo é que não houve nenhuma morte por covid em junho.

Nesta quinta-feira, Cacoal registrou mais 112 infecções por covid-19. A última morte atribuída à doença em Cacoal é de 27 de maio.

No momento, segundo informações das autoridades sanitárias do município, o número de pessoas com a doença em Cacoal é de 924 pessoas e destas, 918 estão em tratamento domiciliar. Há 06 pessoas internadas.

Desde o início da pandemia, 345 pessoas foram a óbito em razão da doença. O índice geral de mortalidade no município é de 1,24%, com tendência de cair ainda mais. Agora com boa parte da população vacinada, o risco de morte em razão da doença é perto de 0%, mas ainda há necessidade de maiores cuidados com pessoas com baixa imunidade.

As autoridades sanitárias continuam focadas em vacinar quem ainda não tomou a dose de reforço para os riscos de complicações pela doença continuem reduzidos.

Confira o Boletim abaixo:

Semusa divulga números da Covid em Cacoal, confira os dados

O Boletim epidemiológico registrado nesta quarta-feira, dia 29 de junho, informou um total de 138 casos positivos. O número de casos acumulados até a data foi de 1.859 casos positivos. Nos três meses anteriores, somados, não chegaram a mil pessoas infectadas, média diária de 10 casos.

No boletim desta quarta-feira, haviam 890 pessoas infectadas, das quais, 884 em tratamento domiciliar, 02 internados em enfermaria e 04 pessoas em UTI.

No ano, o índice de morte por covid é de 2 pacientes para cada mil pessoas que foram infectadas, mas esse índice é de 0% se considerados apenas os últimos 30 dias. Embora haja poucas internações, o que preocupa as autoridades é que nem todas as pessoas estão buscando a dose de reforço e com isso aumenta o risco de mais hospitalizações e pessoas com imunidade baixa, por se recusarem a dose de reforço, ainda correm risco de morte pela doença.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que os cuidados com a prevenção devem ser levados a sério. O uso de álcool em gel ou álcool 70% onde não houver água e sabão disponível ainda é uma medida bastante importante.

Cacoal completa um mês sem registro de mortes por covid-19

O Boletim epidemiológico registrado nesta segunda-feira, dia 27 de junho, tem um dado positivo e outro negativo. O positivo é que não houve registro de morte pela doença nos últimos 30 dias. O negativo é que em 27 dias de junho tivemos mais casos do que a soma dos casos entre 1º de março a 31 de maio. Neste mês já foram registrados 1.499 casos positivos da doença, com um índice diário de 55 casos. Esse número é superior aos 90 dias anteriores, que não chegou a acumular mil pessoas infectadas. Esta situação só não é mais preocupante por que a vacinação em massa da população resultou em uma queda acentuada de internações. Dos 797 casos ativos no momento, 793 pacientes estão em tratamento domiciliar.

No ano, o índice de morte por covid é de 2 pacientes para cada mil pessoas que foram infectadas, mas esse índice é de 0% se considerados apenas os últimos 30 dias. Embora haja poucas internações, o que preocupa as autoridades é que nem todas as pessoas estão buscando a dose de reforço e com isso aumenta o risco de mais hospitalizações e pessoas com imunidade baixa, por se recusarem a dose de reforço, ainda correm risco de morte pela doença.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que os cuidados com a prevenção devem ser levados a sério. O uso de álcool em gel ou álcool 70% onde não houver água e sabão disponível ainda é uma medida bastante importante.

Confira, no gráfico abaixo, os números desta segunda-feira. Vale lembrar que alguns casos provavelmente são cumulativos com o domingo, onde poucas pessoas buscaram as unidades de saúde para teste, o que provocou um aumento nos casos de segunda-feira. Esse padrão se repete deste o início da pandemia. Números baixos aos sábados e domingos e um número maior às segundas-feiras.

Divulgado novo balanço da covid-19 em Cacoal

O Boletim epidemiológico desta sexta-feira mostra um total de 100 casos positivos de covid-19 registrados nas últimas 24 horas, com 664 casos ativos da doença no município. Desse total, 661 estão em tratamento em casa, dois estão em tratamento em enfermaria e um deles em UTI.

Desde o início do mês foram registrados 1.250 casos e desse total, 556 pessoas contaminadas neste mês já estão totalmente curadas. Não houve nenhuma morte por covid-19 ao longo do mês.

O baixo índice de óbitos neste ano de 2022, pouco mais de 20 até a presente data, se deve à vacinação da população. Para que esse índice se mantenha baixo, a Secretaria Municipal de Saúde tem intensificado os esforços para colocar mais postos de vacinação e mais vacinadores à disposição da população. As pessoas, no entanto, precisam procurar esses locais e tomar as doses de reforço, pois o efeito da vacina vai se perdendo ao longo do tempo. Recomenda-se a dose de reforço quatro meses após a última dose recebida.

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde informa que além da vacina em dia, é importante que cada cidadão faça sua parte com os cuidados essenciais para evitar pegar ou transmitir a doença. Lavar-se com água e sabão ou utilizar álcool em gel ou álcool 70% onde não for possível lavar-se é uma medida que ajuda bastante a evitar o contágio. Também é recomendado que as pessoas com sintomas gripais façam uso de máscaras. Desde sexta-feira, a entrada em hospitais e unidades de saúde só é permitida com o uso de máscaras.

Novo Boletim Epidemiológico é divulgado nesta segunda; confira os casos de hoje e a média diária das últimas três semanas

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura Municipal de Cacoal, através da Secretaria Municipal de Saúde, revela que nos últimos cinco dias foram registrados 314 casos de infecções por covid-19 no que se refere aos munícipes cacoalenses, não incluindo pessoas de outros municípios que também estão em tratamento em hospitais públicos ou privados.

O Boletim revela ainda um total de 337 pacientes em tratamento domiciliar, nesta segunda-feira, com três pessoas internadas, o que totaliza em 340 o número de pessoas com carga viral dessa doença. Dois pacientes estão em enfermaria e um outro em UTI. Nesta segunda foram registrados 90 casos.

Nos primeiros 20 dias de junho, o total de infectados foi de 792 pacientes, o que dá uma média superior a 39 infecções por dia. O ponto positivo é que não foi registrada nenhuma morte por covid-19 no mês. A última morte atribuída à essa doença no município foi registrada na última semana de maio deste ano.

Desde o início da pandemia, Cacoal registrou 26.606 pacientes que contraíram a doença, sendo que 25.861 estão totalmente curadas, 400 estão em tratamento na data de hoje. O número de óbitos foi de 345, o que representa 1,33% de letalidade da doença. Considerando-se apenas o ano de 2022, o índice de letalidade não chega a 0,5%. No Brasil foram registrados na data de hoje 108 mortes de um total de 55.733 testes positivos, o revela uma letalidade de 0,19 no dia.

O crescimento do número de casos preocupa as autoridades que tem emitido alertas, através da Secretaria Municipal de Saúde, para que a população continua usando máscaras, em caso de sintomas gripais. A população também vem sendo incentivada para que mantenha os cuidados com a saúde, usando água e sabão, ou álcool, sempre que tocar em maçanetas ou em outras áreas em que mais pessoas também tocaram.

A Semusa também pede às pessoas que ainda não tomaram as doses de reforço da vacina para que procurem os postos de vacinação da UBS, levando cartão de vacinação, cartão do SUS e documentos pessoais.

O reforço da vacina é essencial para que o índice de letalidade da covid-19 seja próximo de zero. Os riscos de morte de quem contrair a doença sem tomar as doses de reforço são muito maiores do que daqueles que completaram o ciclo vacinal, segundo informam as autoridades sanitárias.

Boletim Epidemiológico de Cacoal reporta mais 38 casos de covid nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, dia 16, a Secretaria Municipal de Saúde de Cacoal divulgou o seu novo boletim epidemiológico, afirmando que 38 pessoas testaram positivo para covid-19, o que eleva para 367 o número de pessoas infectadas com o coronavírus. Destas, 364 estão em tratamento domiciliar. Há dois pacientes em enfermaria e outro em UTI. O número de pessoas que testaram positivos desde o início da pandemia é de 26.400 e 25.688 pessoas já estão totalmente curadas. Não foi registrado nenhum óbito em junho. Nos últimos 60 dias houve um óbito resultante de complicações por essa doença. Desde o primeiro caso registrado em Cacoal, em 30 de abril de 2020, um total de 345 pacientes foram a óbito.

Conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde, nos primeiros 16 dias de junho o total de infectados no município é de 586.

*Uso de máscaras*
A Secretária Municipal de Saúde, Janayna Gomes, afirmou que é importante que as pessoas que estejam com sintomas gripais usem máscaras. Ela também alerta para a necessidade de a população manter os cuidados com higiene e procure tomar as doses de reforços, com intervalo de 04 meses entre uma dose e outra. A vacina contra covid está disponível agora nos postos de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde.

Covid-19: Semusa divulga os números de infecções registrados no domingo e segunda-feira; não há nenhum paciente internado

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) divulgou na tarde de ontem o relatório de infecções por covid-19 ocorridos no domingo, 12 de junho, e segunda-feira, 13 de junho.

Nesta segunda-feira foram registrados 21 casos de pacientes que testaram positivo para covid-19 e no domingo foram 05 casos. No acumulado de junho, foram registrados 392 casos.

Nesta quarta-feira há um total de 272 pessoas em tratamento domiciliar e nenhuma internação. Não foi registrada nenhuma morte no mês de junho. O lançamento de óbito ocorrido no dia 10 deste mês se tratava de um caso represado, de paciente que faleceu no mês de maio, mas cujo registro não foi lançado de imediato em razão de a Semusa estar aguardando resultado laboratorial.

Desde o início da pandemia, Cacoal registro 26.206 casos de contaminações por covid-19, com 15 óbitos no acumulado do ano de 2022 (Compilação de 29 de janeiro a 14 de junho)

Semusa reporta mais 46 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

O Boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde, órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde, informa um total de 46 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, com uma elevação de 60,8% em relação ao boletim anterior.

Com os novos casos, sobe para 218 o número de pessoas em tratamento domiciliar e uma hospitalizada.

Desde o início da pandemia, 26.033 pessoas foram contaminadas com a doença em Cacoal. O índice de pessoas curadas é de 97,83%. Desse total, 344 vieram a óbito em decorrência de complicações da doença.

As autoridades sanitárias do município informam que além dos cuidados com a higiene, que devem continuar, as vacinas disponibilizadas nas unidades básicas de saúde são muito importantes para a prevenção. Entre uma dose e outra da vacina, o intervalo deve ser de 4 meses.
Os riscos de uma pessoa, mesmo vacinada com uma ou duas doses, aumenta bastante caso ela demore muito a tomar a dose de reforço, já que a vacina perde a eficácia ao longo do tempo. As doses de reforço

Demorar demais a tomar a dose subsequente faz com que a vacina perca a eficácia e a pessoa fique desprovida de imunidade, o que aumenta os riscos de contágio da doença.
BOLETIM COVID dia 08 jun

Cacoal registra 28 novos casos de covid, mas dos 191 casos ativos, apenas um paciente segue internado

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde de Cacoal informou que 28 pessoas testaram positivo para covid-19 na terça-feira, dia 07 de junho, elevando o número de casos ativos para 191, não tendo havido nenhuma morte pela doença desde o dia 14 de abril deste ano. Um paciente segue internado há alguns dias e 190 pacientes estão em tratamento domiciliar.

No acumulado desde o início da pandemia, Cacoal registrou 25.987 casos positivos, com 25.452 curados, o que representa 97,97% de recuperados. O número total de óbitos por covid no município é de 344, o que representa 1,33% de letalidade no total.

Embora o mais grave tenha passado, a Secretaria Municipal de Saúde vem alertando a população para que procure as unidades de saúde paraz tomar as as doses de reforço, obedecendo a um intervalo de 4 meses entre uma dose e outra. Paralelamente a isso, os cuidados com a higienização ainda são muito importantes.
boletim covid 8maio

1 2 3 26