Em Cacoal, início do ano letivo foi transferido para 17 de fevereiro

O início das aulas nas escolas municipais de Cacoal, que estava programado para essa segunda-feira, dia 10 de fevereiro, foi transferido para a próxima segunda-feira, 17 de fevereiro.

De acordo com a secretária Márcia Regina Araújo Pires, a mudança no calendário das escolas municipais foi necessária para concluir o procedimento de vistorias e autorização dos ônibus contratados para realizar o transporte escolar dos alunos da rede municipal.

A referida vistoria está sendo realizada por técnicos do Departamento Estadual de Trânsito- Detran. A titular da educação destacou que além de atender exigências legais, a vistoria  tem o propósito de garantir a segurança dos alunos. “Todo o esforço dos técnicos da secretaria municipal busca assegurar que os alunos tenham um ambiente seguro e próprio ao aprendizado”, assegurou.

A secretária esclareceu ainda  que providências estão sendo adotadas para o cumprimento integral do calendário escolar.

Encontro Pedagógico na abertura do ano letivo em Cacoal

A Prefeitura de Cacoal realizou o lançamento oficial do ano letivo 2020 com palestras pedagógicas no Auditório do Teatro Municipal, nesta terça- feira (04). A prefeita Glaucione Rodrigues abriu oficialmente o evento.

Marcando as atividades dos servidores da educação paralelo ao ano letivo também foi realizado o Encontro Pedagógico, onde os servidores da Secretaria Municipal de Educação tiveram a oportunidade de participar de palestras motivacionais ministradas por técnicos do SEBRAE.

De acordo com o calendário escolar as aulas nas escolas municipais urbanas, rurais e centros de educação infantil terão inicio no dia 17 de fevereiro.

Além da capacitação dos professores, a prefeitura de Cacoal teve a preocupação de melhorar a infraestrutura das 24 escolas, levando climatização, internet, mobiliários  novos, além de que todas as escolas estão passando por reformas, algumas já concluídas no período de férias escolares.

“É muito importante o professor ministrar e o aluno receber essa aula em um local confortável, nós climatizamos todas as nossas escolas, e estamos em uma força- tarefa para deixar todas as escolas reformadas, temos tido cuidado também com a merenda e transporte escolar, enfim dando um conforto para nossos alunos e professores para que esse ensino realmente venha melhorar cada dia.” destacou a prefeita.

Fonte: Assessoria

 

Aquisição de kit escolar não afeta Plano Educacional

Com investimentos em todas as áreas, a prefeita Glaucione Rodrigues desde o inicio da sua gestão, priorizou as ações com foco na valorização dos profissionais e do alunado da Rede Municipal de Educação. Reformas das escolas, informatização, mobiliários novos, climatização, melhoria na qualidade da merenda e do transporte escolar foram algumas das ações do Programa Escola Viva, viabilizado para melhor atender a comunidade escolar.

Ao todo estão sendo beneficiados mais de 6.500,00 (seis mil e quinhentos) alunos entre suas diversas faixas de atuação, sendo: Educação Infantil – Creche e Pré-Escolar e o Ensino Fundamental I e II, atingindo 100% das escolas da área urbana e rural do município. A aquisição de uniforme escolar, contendo camiseta, short e tênis; e material de suporte escolar, contendo mochila e estojo, para atender os alunos devidamente matriculados na rede pública municipal de Cacoal, é mais uma ação que visa melhorar cada dia mais a qualidade do ensino oferecido pela rede pública do município.

Para a Prefeita Glaucione Rodrigues garantir a permanência dos alunos nas escolas, vai além da disponibilidade de vagas nas instituições públicas de ensino.  A proposta de alteração da meta 15 da Lei n. 3.467/PMC/15, não afetará a manutenção da educação, tão pouco na oferta da Merenda Escolar, Transporte Escolar e reajustes que estiverem em conformidade com a lei, já que os recursos disponibilizados para essas garantias são provenientes de receitas vinculadas, não sendo possível a utilização para outros fins. “A educação é à base de tudo e o nosso objetivo é continuar trabalhando e transformando a educação pública de Cacoal, na melhor Educação do Estado de Rondônia”, finalizou a Prefeita.

Programa Escola Viva: Creche Teca é reinaugurada após ampla reforma

Pintura, reformas estruturais, novo mobiliário e equipamentos para a cozinha, entre outras melhorias transformaram a unidade

O Centro de Educação Infantil Terezinha Geneci de Oliveira, conhecido como creche Teca foi reinaugurado nesta segunda-feira pela prefeita Glaucione Rodrigues. A solenidade contou com a presença de servidores da educação, vereadores, pais de alunos e do deputado Cirone Deiró. A creche Teca fica localizada na Avenida Paraná e funciona em um prédio de propriedade do Rotary Clube, cedido em modelo de comodato para o município, e atende 180 crianças, que estavam sendo assistidas provisoriamente em uma casa, na avenida Porto Velho e agora terão uma escola totalmente nova.

Melhorias

A escola foi reformada em mais uma ação do Programa Escola Viva da Prefeitura de Cacoal, com reparos nas salas de aula, pintura nova, decoração colorida, banheiros reformados, equipamentos para cozinha e todo o mobiliário novo, além de brinquedos para as crianças.

A prefeita enalteceu a importância do programa, que tem reformado e revitalizado unidades escolares nas áreas urbana e rural. “É uma revolução na nossa educação. Sabemos que a creche Teca é uma das mais procuradas em Cacoal e agora está ainda mais estruturada para receber bem as crianças”, disse.  Mãe da pequena Laura Rodrigues, de apenas 3 anos, que é aluna da escola, Simone Souza agradeceu pelo benefício: “Já era ótimo o atendimento das professoras e agora com uma escola reformada vai melhorar ainda mais, ficou linda”, avaliou.

Outras ações

Dentro das amplas ações do programa Escola Viva as 24 unidades escolares urbanas e rurais estão sendo reformadas e revitalizadas. As escolas que já receberam melhorias com reforma, tanto estrutural quanto elétrica, equipamentos novos, mobiliário, climatização, informatização e outras melhorias foram: Pedro Álvares Cabral, Pedro Kemper, Marechal Rondon, Agustinho Góes, Rodolfo Luchemberg, Ângela Maria da Mata, Monteiro Lobato, CEI Balão Mágico, Josino Brito e esta semana será dada ordem de serviço para a reforma da escola Cruzeiro do Norte, na linha 21.

Confira os finalistas do concurso do Programa Escola Viva: A ESCOLA QUE EU QUERO

A Prefeitura de Cacoal por meio da SEMED, realizou na manhã desta segunda-feira, 09, a entrega das premiações aos finalistas do concurso do Programa Escola Viva: A ESCOLA QUE EU QUERO. Com apresentações de danças  e a participação dos renomados bailarinos Ana Botafogo e Carlinhos de Jesus, o evento reuniu mais de duas mil crianças das escolas  urbanas e rurais do município.   Confira a classificação!

 Desenhos do jardim I e II:

  1º lugar Guilherme Santana de Oliveira aluno da Escola Pedro Kemper,

2º lugar João Lucas de Oliveira Melo aluno do CEI Josino Brito.

 Desenho pré I e II:

 1º lugar Milena RatundeKrauz da Escola Cruzeiro do norte,

2º Lugar Vitória  CEI Balão Mágico,

3º lugar Alexandre José Nunes Amorim da Escola Agostinho Goes.

 Frases do 1º ano:

 1° Heloisa Alves Porto lugar da Escola Cruzeiro do Norte.

Frase: Na escola viva que eu gostaria não tem diferença todos respeitarão uns aos outros.

2° lugar Miguel Hilario da Silva da Escola José de Almeida. Frase: Aescola que eu quero é uma escola. Que eu tenho um montão de amigos e bom professor.

3º lugar Alana Karoliny Idelfonso Germanio da Escola Dr. João de Deus Simplício. Categoria. Frase: Minha escola já é viva.Tem quadra, jardim e professores legais.O que eu quero mais é praticar mais esportes.

Frases 2º e 3º ano:

 1º Cecilia Filgueira de Souza da Escola Monteiro Lobato.Frase: A escola que eu quero vai além do ABC, o que eu quero mesmo é aprender e crescer, a scola viva esta vai me oferecer.

2º Eduardo dos Santos Becale da Escola Monteiro Lobato. Frase: A escola viva é a escola da educação, que faz tudo com o coração.

3° Mariana Araujo Ferreira Cavalcante da Escola Maria Socorro Viana de Almeida. Frase: A escola viva ajuda a pessoa a ler, escrever e alimentar com conhecimento e ter respeito dentro e fora da escola.

Poesia Livre 4º e 5º ano:

 1º lugar:Kayo Eduardo Diniz Golarte da Escola Angela Maria da Mata Perdoncini

Poesia: a escola que eu quero

A escola que eu quero

Tem que ter alegria

Sonhos e fantasia

A escola que eu quero

Tem que ter boa educação

Crianças comprometidas

Sala de computação.

A escola que eu quero

A escola que eu quero

Tem leitura todo dia

Uma biblioteca repleta

De livros e fantasias

A escola que eu quero

Tem que ter experiências

Feitas em laboratórios

E na aula de ciências.

A Escola que eu quero

Tem que ter merenda boa

Saladas e muitas frutas

Delícias de todo dia.

A escola que eu quero

Tem que ter sala de vídeo

Com filmes educativos

Com histórias antigas.

A escola que eu quero

Tem que ter muito lazer

Futebol em boa quadra

Novas coisas para aprender.

A Escola que eu quero

Tem que ter bons professores

Através da educação

Nos ensinando bons valores

Isso tudo é possível

Através da “Escola Viva”

Feito co muito amor

Para toda a nossa vida.

2°  lugarJoão Vitor Freitas Godói da Escola Claúdio Manoel da Costa

Poema: A escola que eu quero

A escola que eu quero é bem simples de descrever:

com amor, carinho e respeito tem vagas para mim e para você.

A merenda é uma delícia e todo dia tem.

Com fome, aqui não fica ninguém.

A água sempre fresca tem nos bebedouros

e os copos são tão limpos que brilham feito ouro!

As salas são fresquinhas bem climatizadas.

Os banheiros cheirosinhos e a grama aparada.

Tem um jardim bem florido. E por todos é muito querido!

Para a felicidade da criança,

tem um tio querido que fica no portão

fazendo a segurançade todos que aqui estão!

Na escola que eu quero os professores tem reconhecimento merecido.

Formam todas as profissões e na realidade não recebem o valor devido.

Na escola que eu quero, o aluno aprende as matérias devidas

que são para toda a vida.

Dar bom dia, dizer obrigada e pedir licença é matéria que se aprende em casa.

Na escola que eu quero só vai aprimorar

podendo através da educação o mundo transformar!

A escola que eu quero tem que ser bem colorida – a minha Escola Viva!

3° Thayla da Silva Oliveira da Escola Ângela Maria da Mata Perdoncini

A escola viva: a escola que eu quero

Quero uma escola feliz

Que preserva a sua raiz

Quero uma escola bonita

Que todo mundo acredita

Uma escola exemplar,

Que faz todo mundo admirar.

Não só admirar, mas também a sonhar

Sonhar projetos importantes

Que sejam perseverantes.

PARÓDIAS 6° AO 9° ANO:

1º lugar: Jhessica Barbosa Jonn – 15 anos – Escola Municipal Presidente Médici – Paródia: Vivendo na escola baseada na música Trem Bala de Ana Vilela.

Paródia da música Trem Bala de Ana Vilela

Vivendo na escola

Não é sobre ter a melhor escola do mundo para si

É sobre fazer das escolas que temos as melhores daqui,

É sobre saber que esse Nosso Brasil pode ser bem melhor

Depende somente que não sejamos cada vez pior.

 

É fazer da escola uma família,

E a cada dia com ela poder aprender.

Com profissionais ao nosso lado.

Que ajudam até os desafios a vencer.

 

É sobre uma classe ter boa climatização.

Pois sem ela é difícil prestar atenção.

Paredes coloridas fazem um ambiente brilhar muito mais.

E cheias de cores mais vida elas nos traz.

 

Mas necessitamos de estrutura.

Pois qual o nosso desenvolvimento sem isso aqui?

Mais livros nas bibliotecas

Pois todos queremos um futuro melhor construir.

 

Em um tempo aprendi que a felicidade não se pode comprar.

Então procurei encontra-la em todo lugar,

Em um ambiente sem cores é difícil ter a imaginação.

Ainda bem que a natureza renova nossa imaginação.

 

Refrão:

Natureza e escola juntos,

Juntamente com um bom pátio queríamos ter,

E carteiras melhores nas salas,

Que não atrapalhe na hora de escrever.

 

Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá

 

2º lugar:  Ana Alice Q. Pereira – 15 anos – 9º ano – Escola Municipal Dr. João de Deus Simplício – Paródia: A escola que eu quero do Poema de Pedro Bandeira: Quem sou eu?

Paródia: a escola que eu quero!

 

Nem tudo o que eu aprendo,

É o que eu quero.

Eu quero novidades,

Para uma vida de liberdades.

 

Quero uma escola mais avançada,

Com tecnologia e mais amada.

Quero uma escola de superação,

Com mais respeito e educação.

 

Uma escola mais desempenhada,

E aula de inglês para toda a criançada

Uma escola que tenha uma solução,

Para uma melhor e nova geração.

 

Quero que tenha aula de informática,

Para nos informar sobre a matemática.

Quero que tenha mais evolução,

Para melhorar a população.

 

Quero que não tenha Bullying  nas escolas,

Porque assim iremos ter melhoras.

Quero que tenha mais respeito e educação,

Com os professores e alunos

para que não seja preciso chamar a nossa atenção.

 

3º lugar: Aniely Alves – 7º B – Escola Municipal Maria Socorro Viana de Almeida – Paródia da Aquarela de Toquinho

Paródia: Aquarela de Toquinho e Vinícius

A escola que eu quero

 

A escola que eu quero é que tenha qualidade de ensino.

E com os professores capacitados é fácil construir meu destino.

E com o lápis na minha mão

Eu saiba escrever sem dúvidas.

E se faço errado, o meu professor tira a minha dúvida.

Se no tempinho de intervalo, eu vejo o meu coleguinha sofrendo bullying.

Num instante eu ajudo, logo surge uma linda amizade.

A escola que eu quero e que tenha ensino e extensão

Para que junto com a sociedade o bullying tenha uma solução.

Vou sonhando, imaginando um futuro melhor para a educação

e com igualdade de ensino sem distinção

 

Final do Concurso das melhores receitas da alimentação escolar

A Prefeitura de Cacoal realizou nesta segunda-feira, a premiação do II Concurso Fazendo a Diferença Distribuindo Amor, organizado pela Secretaria Municipal de Educação junto com as Escolas Municipais. As merendeiras participaram de várias atividades, capacitações e concurso de receitas, utilizando a maior variedade de ingredientes para a melhoria nutricional dos alunos.

O resultado final ficou entre as escolas Rodolfo Lutchenberg em 1º lugar, Escolas Marechal Rondon e Maria Montessori empatadas em 2º Lugar, Escola Pedro Kemper em 3º Lugar, Escola Agustinho Goes 4º Lugar e Escola Luiz Lenzi 5º Lugar. As merendeiras criaram receitas especiais. Dejanira de Jesus, e outras merendeiras da escola Luiz Lenzi, criaram uma torta de macarrão.  “Nós fomos inovando e nós criamos uma torta de macarrão, vai legumes e as crianças comem e não percebem que só tem alimentos saudáveis. O nosso objetivo agora é cada vez mais inovar  nestas receitas da merenda escolar”, disse.

As nutricionistas da Prefeitura, Melina Carvalho e Júlia Almeida, que acompanharam as merendeiras nas escolas durante o concurso, ficaram impressionadas com a qualidade das criações. “Este concurso é para incentivar elas a sempre estar cozinhando melhor, e nós gostaríamos de premiá-las por que elas merecem”, disse Melina.

O chef de cozinha Pio Câmara, que criou os pratos do Festival gastronômico Cacoal Sabor 2019 foi um dos jurados e elogiou a criatividade e habilidade das merendeiras. “É muito legal esta iniciativa, elas tiveram muita criatividade para os pratos, tem que continuar assim”, concluiu.

 

Programa Escola Viva: Obras de reforma e revitalização estão sendo executadas nas escolas

A rede municipal atende mais de 6 mil alunos, que são diretamente beneficiados pelas melhorias na infraestrutura das escolas

Para proporcionar conforto e bem-estar aos alunos e professores, a prefeita Glaucione Rodrigues colocou em prática o Programa Escola Vida. A iniciativa faz parte da conjugação de esforços para colocar a educação do município de Cacoal em posição de destaque. Além da capacitação continuada aos profissionais da educação, a reforma e revitalização das 24 escolas, a climatização e a compra de novos mobiliários, equipamentos de cozinha, bebedouros, fogões, freezers, máquinas de lavar e outros equipamentos são alguns dos eixos do programa Escola Viva. São mais de 6 mil alunos da rede municipal, além dos servidores da educação contemplados pelo Programa Escola Viva.

Escolas transformadas

A primeira escola reformada foi a Monteiro Lobato, que atende 215 crianças com educação infantil e ensino fundamental, na linha 11. A escola recebeu mobiliários novos, pintura, equipamentos, melhorias no pátio e outras benfeitorias.

Na escola Pedro Álvares Cabral, na linha 9, a ampla reforma já está em fase adiantada e será concluída em breve. Construída em 1992, a escola atende atualmente cerca de150 alunos com ensino fundamental.

A escola Pedro Kemper está recebendo diversas melhorias. Com reforma das salas de aula, pintura, construção de calçadas, troca de lâmpadas e parte elétrica, limpeza do pátio e outros reparos. A unidade atende 400 alunos, com ensino fundamental e uma turma de ensino medio.

A diretora Rose Góes afirmou que as melhorias vão refletir diretamente no bem-estar dos alunos. “A escola Viva chegou em um momento muito importante para nós. Temos muitos problemas estruturais que agora serão resolvidos. Esta reforma vem nos ajudar, o professor trabalha consegue otimizar seu trabalho e melhora até o aprendizado das crianças. Todos são beneficiados, alunos, pais, professores”, disse.

A escola Agustinho Góes de Oliveira, no Bairro Vista Alegre, também está passando por reforma em toda a infraestrutura. O prédio terá pintura nova, a cerâmica dos banheiros será substituída e o pátio onde as crianças fazem as refeições receberá forro. A escola é uma das maiores do município e atende atualmente 670 crianças, desde o pré-escolar até o 5º ano do ensino fundamental.

Marco histórico da educação

A prefeita Glaucione Rodrigues tem acompanhado de perto as ações. Comprometida com o bem estar dos alunos e professores avalia que este é um momento histórico na educação do município. “É um novo momento da educação, nós queremos uma Escola Viva, com qualidade de ensino, sempre bem pintada, uma escola limpa, organizada, com merenda boa, e para isso estamos empenhados com toda a equipe para transformar a educação e fazer de Cacoal referência na educação”, disse.

 

Chamada escolar 2020 segue até esta sexta-feira

No dia 19 de novembro começa a chamada escolar, um recenseamento da população escolar na faixa etária de 2 a 17 anos, com o objetivo de organizar e identificar a demanda de vagas para o próximo ano letivo.

O lançamento oficial será no Centro de Educação Infantil Leãozinho, no dia 19 de novembro, às 8h30 e os pais poderão participar respondendo a um questionário até o dia 29 de novembro.

A chamada escolar será feita nos seguintes horários: Das 07h30  às 11h30 e das 13h30 às 17h30 nas unidades escolares, Semast e também postos de súde. Os resultados serão divulgados no dia 13 de dezembro.

Programa Escola Viva focado na alimentação escolar

Alunos de escolas do município participam de atividades em alusão à semana mundial da alimentação saudável

A Prefeitura de Cacoal investe na alimentação das crianças e também nas informações sobre nutrição, por meio das ações do programa Escola Viva. Além de merenda de qualidade, com alimentos da agricultura familiar, outros projetos tem foco na alimentação saudável estão em andamento, como o projeto sobre alimentação escolar.

Nesta quinta-feira os trabalhos foram concluídos no Centro de Educação Infantil Leãozinho, com atividades para as 240 crianças atendidas.O objetivo é conscientizar as crianças sobre alimentação saudável em alusão à semana da alimentação saudável, realizada mundialmente no mês de outubro. As professoras falaram sobre os alimentos saudáveis e apresentaram barracas com frutas e verduras.

Outros projetos 

Outras atividades alusivas à semana da alimentação saudável também estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Cacoal, por meio da Semed. A nutricionista da Semed Melina Carvalho, realizou palestras e atividades em diversas escolas, dentro de um programa mais amplo sobre o tema.  “Acreditamos que a alimentação é a base de uma vida saudável, além de atividades lúdicas eles aprendem sobre valor nutricional dos alimentos, por meio da pirâmide alimentar”, explicou.

Os trabalhos desenvolvidos pela Semed também foram estendidos para outras unidades escolares. No último dia 22 de outubro as atividades foram concluídas na escola Pedro Kemper. Há três semanas os alunos da escola Santos Dummont, da linha 7, área rural de Cacoal também participaram do programa, com orientações sobre nutrição, bem como os alunos da escola Nossa Senhora do Carmo, no distrito do Riozinho.

Educação: Construção do Referencial Curricular Comum de Cacoal está concluído

Por meio da ação de Formação Continuada do Programa Escola Viva, os professores municipais estão construindo o novo currículo para as escolas municipais a luz da Base Nacional Curricular Comum, a BNCC

Muitos eventos importantes marcaram a semana na educação. A Prefeitura de Cacoal, por meio da Semed, realizou no Cacoal Selva Park no dia dos professores, 15 de outubro, o encerramento da Construção do Referencial Curricular de Cacoal (BNCC). As atualizações serão adotadas para o novo currículo da educação, já no próximo ano.   O evento contou com  palestra do coordenador da formação, professor e Júlio Furtado, e ainda, professor e palestrante de renome internacional, Hai Awad.

Escola Viva

A prefeita Glaucione Rodrigues, a equipe da Semed e professores das 24 escolas urbanas e rurais prestigiaram este importante momento da educação em Cacoal. A prefeita agradeceu o trabalho desempenhado pela equipe da Semed e os professores e destacou que este é um momento que a educação passa por uma profunda transformação, por meio dos investimentos do programa Escola Viva. “Consideramos que a educação de Cacoal está no rumo certo, teve um salto grande e está em outro patamar com as ações do Programa Escola Viva, com investimentos importantes não só em infraestrutura, mas principalmente em qualidade de ensino”, disse.

Aulão do Ideb

No dia 16 pela manhã, 635 alunos do 5º ano que irão realizar a prova do IDEB em 2019, das escolas municipais urbanas e rurais participaram momento motivacional, também no parque ecológico. O evento também teve momentos de descontração e alegria, para comemorar o mês das crianças. Depois da palestra motivacional os alunos lancharam, brincaram no parque aquático e passearam.

1 2 3 6