CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2019, EDITAL Nº 01/2019.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CACOAL

SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO – SEMAD

CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2019, EDITAL Nº 01/2019.

 A PREFEITURA MUNICIPAL DE CACOAL, POR MEIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, pelas Leis Municipais de nº 2.413/PMC/08, nº 2.735/PMC/2010, 2.736/PMC/2010 e 2.964/PMC/2012, e suas respectivas alterações, após haver a publicação da HOMOLOGAÇÃO DO RESULTADO FINAL DOS APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2019/PMC/SEMAD/RO, CONVOCA os candidatos abaixo relacionados a comparecerem na Coordenação de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Cacoal, para apresentar a documentação conforme no item 3.2 do Edital 01/2019/PMC/SEMAD/RO, para análise da possibilidade de investidura de Posse. O não comparecimento no prazo, conforme previsto na Lei 2735/PMC/2010, acarretará em perda da vaga.

A listagem dos candidatos abaixo esta na ordem de classificação conforme  na HOMOLOGAÇÂO DO RESULTADO FINAL e atende os requisitos do item 3.  e 3.1 do EDITAL DECONCURSO PÚBLICO Nº 01/2019/PMC/SEMAD/RO.

Cargo: Supervisor Escolar

Vaga: Cacoal/RO
ORDEM  INSCR  NOME DO CANDIDATO  NOTA FINAL
038502 PRISCILA ARAUJO DO NASCIMENTO 91,50
043218 SIMONI APARECIDA ANDRIANI ARDENGHI 91,00
044894 ISAAC GOMES DE MIRANDA 90,50
042348 ANNA PAULA MARIANO FOLLE 89,50
037480 MARISTELA LOPES GOMES** 60,50
041195 LENICE MOURA DE ASSIS 88,50
040785 TELMA CRISTINA DA SILVA 88,50
040236 SAMARA DE OLIVEIRA SILVA 88,50
040373 MARCIA LUDTKE SOARES 88,00
037933 REGIANE LUZIA DE SOUZA 87,00
10º 040968 SUELLEN DA SILVA SOUZA 87,00
11º 037926 SIMONI MARQUES SOARES 87,00
12º 039974 VANDA LUIZA ROSA PEREIRA DE BRITO 87,00
13º 036946 ELIANE DE LACERDA LUCIO 86,50
14º 044651 AMANDA SANTOS SOUZA 86,00
15º 040062 ADRIANA KALCH 86,00
16º 038045 ROSILENE LAGASSI 86,00
17º 042471 OLINDA ALVES SANTANA 85,00
18º 039471 MARIA RISOLENE BRAGA DE OLIVEIRA 85,00
19º 039339 ANDRESSA MAYSA WILKE DA SILVA 84,50
 

 

Cargo: Assistente Social
Vaga: Cacoal/RO
ORDEM  INSCR  NOME DO CANDIDATO  NOTA FINAL
040782 CLEBSON CARLOS DE OLIVEIRA 79,00
040905 LUCIANA SILVANA AMANCIO VIEIRA 78,50
Cargo: Cuidador
Vaga: Cacoal/RO
ORDEM  INSCR  NOME DO CANDIDATO  NOTA FINAL
037159 FLAVIO DOS SANTOS NASCIMENTO 87,50
043071 JESSICA EVANGELISTA MOTA 82,50
042855 MILENA NASCIMENTO BARROS DA SILVA 80,50
042643 RAQUEL PEREIRA DA SILVA 79,00
041930 EDUARDO HENRIQUE FERREIRA DA SILVA** 63,00

 

Cacoal/RO, 21 de outubro de 2019.

AUSTIA SOUZA DE AZEVEDO

SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

Cacoal tem medio risco de dengue: Campanha de limpeza urbana tem reduzido o lixo um dos principais criadouros do mosquito

Considerando o resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegipty, o Lira, o município é considerado de medio risco para a dengue

O Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegipty (Lira) é um diagnóstico e uma ferramenta rápida para identificar índices de infestação da larva do mosquito, para medidas de controle da dengue, Zika Vírus e Chikungunya. Na última semana foi divulgado, pelo setor de Vigilância em Saúde, o levantamento realizado entre os dias 7 e 18 de outubro, para avaliação da situação de risco. Cacoal tem medio risco da doença, de acordo com os parâmetros da avaliação.

Cacoal Sempre Limpa

Em maio foi divulgado um alerta de que o município teria alto risco de viver uma epidemia de dengue, ao lado de outros 31 municípios do estado, o que não se confirmou. A limpeza urbana tem sido o foco da Prefeitura, e reduzido lixo e entulhos nos bairros, por meio da campanha Cacoal Sempre Limpa.

Desde o início dos trabalhos, em junho já foram coletadas mais de 6 mil toneladas de lixo e entulhos em 25 bairros. A limpeza está sendo concluída no bairro Brizon, e a conscientização da população sobre a importância da limpeza de terrenos é o foco principal do trabalho, já que o poder público faz a sua parte, mas a manutenção é feita pelos moradores, conforme lembrou a prefeita Glaucione Rodrigues. “De nada adianta fazermos este mutirão de limpeza se a comunidade não se conscientizar de manter a cidade limpa, Cacoal é de todos e precisamos de todo o apoio nesta causa, quem ganha somos nós, com uma cidade mais bonita e livre de doenças”, alertou.

Onde estão os focos

Os principais criadouros do mosquito estão presentes no lixo doméstico (que representa 42%), Caixas d’água no chão (39,5%) e pneus (16%). No caso dos pneus a Coordenação de Vigilância em saúde tem feito um trabalho preventivo, com o recolhimento mediante solicitação dos moradores. A comunidade pode solicitar a retirada dos pneus pelo telefone 3907.4020.

De acordo com o coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde, Flaviano Melo a participação da população, fazendo a limpeza das casas e recebendo os agentes para orientações é fundamental. “A recomendação é para que os moradores façam uma faxina nos quintais a cada 7 dias para eliminar águas paradas, e com isso evitar o Aedes Aegipty, transmissor da dengue, Chikungunia e Zika Vírus”, disse.

Aberta a votação para o Prêmio Municiência

Está aberta a votação para o Prêmio Municiência 2019. A Prefeitura de Cacoal está entre os 10 municípios classificados e concorre com o Programa de recuperação de solos e nascentes. Este programa foi potencializado na gestão da Prefeita Glaucione Rodrigues (MDB), por meio de um trabalho da Secretaria de Agricultura, no qual dezenas de nascentes já foram recuperadas, e outras ainda estão sendo concluídas.

As 10  iniciativas finalistas agora passam pela votação popular para escolher as 5 melhores iniciativas. A contagem regressiva para conquistar esse importante prêmio foi iniciada e no dia 15 de outubro  e vai até 31/03/2020. A votação está disponível no site: www.municiencia.cnm.org.br.

O resultado será anunciado na XXIII marcha dos prefeitos,  que deverá acontecer em maio  de 2020.

Independentemente do resultado da votação, as 10 iniciativas foram as melhores segundo análise técnica. Todas terão guias de reaplicação e serão reconhecidas pela CNM em atividades e eventos.

Um detalhe importante: Há limitação de um voto por e-mail, sendo necessário confirmar o voto clicando no link enviado para o e-mail informado.

O que é o prêmio municiência – municípios inovadores

É uma ação pioneira da Confederação Nacional de Municípios (CNM), destinada a gestores municipais, com o objetivo de identificar, analisar, promover e compartilhar experiências inovadoras implementadas pelos prefeitos e prefeitas nas cinco regiões do brasil.

Estas práticas, para serem inovadoras, devem ser inéditas nos municípios ou apresentarem novas estratégias, de forma a contribuir significativamente para a melhoria da gestão municipal.

Por meio de processo seletivo aberto e transparente, a CNM espera reconhecer os gestores que têm buscado alternativas inovadoras para os seus municípios, além de disponibilizar soluções adaptáveis e acessíveis para outros municípios brasileiros.

Projeto

Univercidades – o Municiência é parte do projeto Univercidades – plataforma para o desenvolvimento e governança municipal, que tem como objetivo contribuir também para o fortalecimento de capacidades locais de implementação de políticas públicas.

PREFEITURA DE CACOAL LANÇA REFIS COM ATÉ 100% DE DESCONTO

A Prefeitura de Cacoal lança esta semana o REFIS, programa de recuperação fiscal, que tem por objetivo oferecer descontos e vantagens em juros e multas de IPTU, ISS, Alvará e Taxas do SAAE. São condições especiais para que o contribuinte tenha a oportunidade de negociar seus débitos junto à Prefeitura e ao SAAE.

Os descontos vão de 100% DE DESCONTO ATÉ 31 DE DEZEMBRO. -95% DE DESCONTO COM PAGAMENTO EM ATÉ 12 VEZES COM ENTRADA DE 30%. -90% DE DESCONTO COM PAGAMENTO EM 12 VEZES. -80% EM PAGAMENTO ATÉ 20 VEZES E ENTRADA DE 30%. -70% PARCELAMENTO EM ATÉ 20 VEZES SEM ENTRADA. -60% PARCELAMENTO EM ATÉ 30 VEZES COM ENTRADA DE 30%. -50% PARCELAMENTO EM ATÉ 30 VEZES SEM ENTRADA.

As renegociações podem se feitas no setor de Divisão de Receitas das 07h30 às 13h30, ou ainda na Procuradoria do Município, na Rua Anísio Serrão. E no SAAE, na Avenida Florianópolis, 1747, no Bairro Liberdade.

Uso de agrotóxicos e a saúde humana é tema de projeto piloto

Um Projeto sobre impactos do uso de agrotóxicos para a saúde humana está sendo realizado em Divinópolis, na UBS Marina Donaria de Lima, na linha 14. Nesta semana foi realizada oficina na unidade.

O trabalho é desenvolvido pela Prefeitura de Cacoal, por meio da Vigilância em Saúde, Secretaria de Agricultura, Idaron e Emater, e conta com parceria do Cerest e Ministério Público, visando a conscientização sobre o risco do uso de agrotóxicos para a saúde humana, tanto em relação à contaminação dos alimentos quanto ao risco de suicídio e tentativas de suicídio associadas aos agrotóxicos agrícolas.

Para se ter uma ideia da gravidade do problema, em Cacoal os casos de tentativas de suicídio são em grande parte provocadas por agrotóxicos: 44% dos casos são relacionadas à ingestão destes produtos, em segundo lugar vem a ingestão de outros medicamentos.

A prefeita Glaucione Rodrigues participou de palestra, dentro das ações do projeto. Ela lembrou que esta é uma ação de conscientização ambiental. “É uma questão de educação ambiental, este projeto visa notificar os casos e conscientizar a população sobre os riscos do produto”, disse.

A promotora de justiça Valéria Giumelli Canestrini reforçou a importância das notificações e da informação em relação ao uso dos agrotóxicos e os riscos para a saúde. “Pra nós discutirmos a questão das notificações, dos números e verificação da questão do agrotóxico e como informar a população e divulgar o uso sustentável da agricultura, por meio da Agroecologia”, concluiu.

Sustentabilidade: Reunião sobre a obtenção do Selo Verde pelas empresas foi realizada

Instituída por decreto, a comissão vai  organizar as ações do Selo Verde, dentro de políticas ambientais e de sustentabilidade, para que as empresas do município possam requerer a obtenção do Selo

Na última semana a prefeita Glaucione Rodrigues recebeu a comissão interdisciplinar que vai avaliar requisitos sobre o Selo Verde, conforme determina a lei nº 4166, de 2018. A comissão foi instituída pelo decreto 7335, e tem membros representantes de secretarias do município e entidades, entre as quais: Secretaria de Agricultura, SAAE, Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Planejamento, CDL, OAB e outras.

Ganho de mercados

A prefeita ouviu as demandas e sugestões do grupo, que deve possibilitar o acesso das empresas para a obtenção do selo, e reforçou o fato de que as empresas locais estão preparadas para avançar.  “Nós temos 42 agroindústrias em Cacoal, extremamente organizadas, e sabemos que a obtenção do selo vai facilitar a comercialização de produtos e o ganho de mercados. Já temos empresas que vendem para fora do estado, no Mato Grosso e Amazonas, que tiveram suporte do Sebrae em projeto de melhoria da qualidade dos produtos, rótulos e controle de qualidade, e podemos avançar mais”.

A obtenção do selo

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Elias Nunes, sugeriu ações para que os trabalhos avancem na obtenção do selo pelas empresas de Cacoal, conforme a legislação ambiental, para a produção sustentável, que garantirá o ganho de mercados e a comercialização de produtos para outras regiões e a garantia de que a comercialização de produtos seja ambientalmente correta. “A gente vai construir nas próximas semanas os critérios dentro do que o município já vem fazendo, com relação às práticas de sustentabilidade, e a responsabilidade com o meio ambiente de modo geral”, disse Elias.

Ainda segundo ele, o processo deve ser concluído em breve, reuniões semanais serão realizadas para organizar as ações e facilitar o acesso das empresas para a obtenção do selo: “Nós vamos integrar tudo isso, e de acordo com o que está em lei vamos estabelecer os critérios para que as empresas possam requerer o Selo Verde. E as averiguações com relação ao cumprimento dos critérios para a obtenção do selo”, explicou.

Projeto de Recuperação de solos e nascentes de Cacoal entre os 10 melhores do Brasil

Os trabalhos atendem agricultores, indígenas e garantem a sustentabilidade dos recursos naturais para subsistência nas propriedades rurais

Cacoal está entre os 10 finalistas do prêmio nacional MuniCiência, da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), pelo projeto de recuperação de solos e nascentes. O trabalho foi potencializado pela Prefeitura de Cacoal, e já recuperou mais de 40 nascentes, levando água potável para subsistência das famílias e sustentabilidade das propriedades na agricultura.

Merece destaque o fato de que cinco das prefeituras têm mulheres à frente da administração, são eles: Goiás (GO), Monteiro Lobato (SP), Cacoal (RO), Conde (PB) e Pedra Branca do Amapari (AP).

Sustentabilidade para o futuro

“O alcance do projeto vai além da recuperação das nascentes, a água chega às casas de pessoas que tinham pouco acesso a este recurso, um programa com foco no meio ambiente e na educação ambiental, já que os agricultores, indígenas e beneficiados aprendem a técnica e se tornam propagadores e agentes de conservação ambiental”, analisou a prefeita Glaucione Rodrigues.

Na Linha 9, a 50 km de Cacoal, onde vivem 25 famílias indígenas, que produzem café e castanha para comercialização, uma linda nascente foi recuperada. O cacique da aldeia, Rafael Suruí disse que foi a primeira vez que a gestão municipal teve olhos para esta questão ambiental na aldeia. “Esta é a primeira vez que isso acontece na aldeia, então isso é histórico pra nós, agradeço a prefeita por isso”, enfatizou.

Parceria

O programa tem apoio do Conselho Municipal de Agricultura, que traz as demandas das propriedades que tem maior necessidade, e também conta com parceria de empresas que fazem a doação das pedras e suporte das Secretarias de Obras, Agricultura, e SAAE.

Cultura: Centro de Convenções dos Suruís vai abrir as portas para o turismo nas aldeias

O espaço será construído no meio da reserva indígena 7 de setembro, na aldeia Gabgir, a 18 km da sede central, em um local sagrado para os suruís, entre pedras, cachoeira e belezas naturais. Neste lugar viveu o ancião patriarca da família, o cacique Wãwã Ixotih, que dá nome ao instituto criado para fomentar o turismo. Filho de Ixotih, o cacique Joaquim Suruí, sonhou com a ideia de manter a cultura original e apresentar os suruís para o mundo.

O sonho do cacique Joaquim Suruí foi um legado deixado aos seus descendentes. Agora, o filho Anderson Suruí, que é professor indígena, o coloca em prática. “A ideia é transformar o centro em uma referência local, nacional e internacional, uma espécie de start up indígena. Um centro de inovação para que a gente fortaleça e mostre nossa cultura”, explicou.

Nesta semana eles apresentaram o projeto que será executado para a construção do Centro de Inovação e Intercâmbio Palagah Global. A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Cacoal, Funai, Distrito Sanitário Indígena (Dsei), Seduc e apoio da Slegers Family, da Alemanha.

Cultura e ancestralidade

Nas malocas construídas com palha de babaçu, as mulheres indígenas de 54 famílias suruís, vendem seu artesanato. Colares, vasos de cerâmica, brincos de penas, cestos de palha, garantem parte da subsistência das famílias. Os homens trabalham nas lavouras de café e criação de gado.

Riqueza cultural

A riqueza cultural, as histórias e a força da tradição são mantidas. O artesanato indígena tem toda uma ritualística de produção. Na aldeia 100 mulheres produzem os vasos de cerâmica, um dos trabalhos mais lindos e minuciosos. Edna Suruí contou que só as anciãs detêm o conhecimento sobre a técnica, passado a tempo para a próxima geração. Elas colhem a argila e um local secreto, e apenas algumas mulheres participam do processo. “A gente vai para um lugar especial para recolher a argila e ninguém pode saber onde é, as mulheres grávidas e as que estão menstruadas não podem participar”, disse.

Turismo

Além da cultura os cenários amazônicos são atrativos importantes para o turismo, tanto de passeio quanto de eventos e intercâmbio cultural. O espaço deve sediar cursos, palestras e troca de experiências culturais. O fortalecimento do setor é foco do trabalho da Prefeitura de Cacoal, em parceria com outras entidades. Segundo o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Elias Nunes, o trabalho no desenvolvimento do turismo é fundamental para a manutenção da cultura.

Cacoal apareceu este ano em destaque no mapa do turismo regional, divulgado recentemente pelo Ministério do Turismo, subindo da categoria C para a categoria B.

Em Rondônia são 25 municípios no Mapa do Turismo, Cacoal aparece entre os municípios mais bem posicionadas no interior. O turismo rural e turismo em terras indígenas é um dos focos do trabalho. “Este destaque no mapa do turismo é um estímulo para estruturar o turismo, temos trabalhado em várias frentes, com o reestabelecimento e organização do Conselho Municipal de Turismo, e temos tudo para crescer, tendo em vistas as belezas naturais e a cultura tradicional como atrativos”, concluiu Elias.

 

Eficiência energética: Troca de pontos de iluminação por lâmpadas de LED vai gerar economia de R$ 770 mil aos cofres da prefeitura

A prefeita Glaucione Rodrigues confirmou investimentos na melhoria da iluminação pública em Cacoal. A ação será executada por meio do projeto de Eficiência Energética programada para o final de outubro e contemplará a troca de 1.158 pontos de iluminação por lâmpadas de LED. A empresa contratada pela Energisa mantém este projeto custeado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A prefeita esteve reunida com engenheiros da empresa e os vereadores Tim e Valdeci Goleiro e o assessora da vereadora Maria Simões, Rivelino, para ajustar detalhes para o início dos trabalhos.

A troca da iluminação será feita em todo o eixo da BR, de rotatória a rotatória e também nas avenidas Belo Horizonte, 7 de setembro, Porto Velho, 2 de junho e avenida São Paulo.

A substituição vai representar uma economia de energia de mais de R$ 770 mil por ano para o município. Segundo o engenheiro de projetos da Energisa Soluções, Leonardo Gaspar, a troca de lâmpadas será iniciada em outubro, e deve ser concluída até dezembro.

A prefeita Glaucione Rodrigues ressaltou o fato de que na atual gestão foram trocados 10 mil pontos de iluminação e com isso a cidade tem hoje 15 mil pontos. Sendo uma das cidades mais iluminada do eixo da BR 364.

1ª Virada cultural capital do café terá shows musicais e lançamento de livro

Uma noite inteira de atrações musicais, arte, exposição de carros e lançamentos.  Assim será a Virada Cultural, a ser realizada no próximo sábado, dia 28 de setembro, das 18h às 6h da manhã de domingo, no espaço Beira Rio. O evento é uma realização da Prefeitura de Cacoal, por meio da Fundação Cultural (Funccal).

Várias atrações musicais vão animar a noite, com show do cantor Kiko Zambianchi, bem como bandas regionais de Cacoal, com destaque para: DJs  Diego Silva e Jonh Blak, Kelismar Loreto, Banda Feras da Farra, banda Bons Aliados e banda Distopia de Porto Velho.

Também será feito o lançamento do livro “Honorários Advocatícios”, do advogado Hélio Vieira e de Zênia Cernov. Será realizado ainda o terceiro encontro na rota do pacífico e exposição de carros antigos e rebaixados. O evento é gratuito e aberto à comunidade, participe!

 

1 2 3 4 5 36