Pesagem de crianças e vacinação contra a gripe nesta quinta no São Marcos

Nesta quinta-feira (8) a Comunidade São Marcos (bairro São Marcos) receberá a pesagem de crianças de famílias cadastradas no Bolsa Família e vacinação contra a gripe das 7h30 às 13h30 e na sexta-feira (9) esses serviços serão oferecidos aos moradores do bairro Paineiras, no mesmo horário, em local que definido ainda nesta quarta-feira (7). O bairro Alfa Parque já recebeu os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que está convidando todas as famílias cadastradas no Bolsa Família para que levem crianças de até sete anos e gestantes para a pesagem.
A vacinação contra a gripe é destinada ao grupo prioritário, que são gestantes, puérperas (que deram à luz recentemente) há 45 dias, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, pessoas com mais de 60 anos, povos indígenas e portadores de doenças crônicas.

A pesagem Bolsa Família

As pessoas cadastradas em programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família, são acompanhadas pelas secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde. Um dos focos do programa é a realização de ações em busca ativa na localização e pesagem dessas famílias, por isso a coordenação de Atenção Básica e Vigilância em Saúde realiza a ação em alguns bairros de Cacoal.

Parceria entre Prefeitura e DER recupera vias de Cacoal

A Prefeitura de Cacoal, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Publicos (Semosp), deu inicio ao trabalho de recuperação de ruas e avenidas no município. O serviço que havia começado na última segunda-feira, agora é realizado com maior intensidade devido à parceria com o Governo de Rondônia através do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) para o Programa Cidade Limpa.

Nesta quarta-feira (07) as máquinas cedidas pelo DER e também da prefeitura estão realizando o patrolamento nas ruas Piauí, Copacabana, Niterói, Avenida Celestino Rosalino e Bairro Bandeirantes, cascalhamento no Bairro Motocross, e colocação de massa asfáltica na Avenida Malaquita, além de colocação de manilha e caixas de drenagens no Bairro Brizon, no cruzamento entre o Anel Viário e Avenida Itapemirim, e bloquetes na Avenida 7 de Setembro.

O morador da Rua Copacabana, José de Carvalho, falou sobre o trabalho realizado pela Prefeitura, “Essa rua era péssima, tinha mais de 10 anos que a gente sofria com vazão de água, tinha uma valeta muito grande, inclusive tínhamos uma ponte de madeira para conseguir chegar na minha residência, mas com esse serviço que esta sendo feito, vai ficar excelente, nota 10, um patroleiro experiente, e além disso a administração da atenção para gente. O secretário veio aqui, deu atenção para gente, pedi dois caminhões de terra para fechar essa valeta e ele atendeu a gente. É realmente um serviço ótimo, gostei”, elogia o metalúrgico.

Para Elson Martins, que trabalha com construção civil, o serviço da Semosp também fez a diferença no Bairro Brizon, “Antes estava péssimo, agora esta melhorando, na minha rua arrumaram e já ficou bom. Lá mesmo só passava moto e bicicleta, até para passar a pé era difícil. Mas agora com a prefeitura esta ficando ótimo”, finaliza.

 

Impacto da restauração de vias em Cacoal muda rotina de problemas causados por buracos

 

Os trabalhos do Programa Cidade Limpa, parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura de Cacoal, iniciaram nesta segunda-feira (05) e já tornam transitáveis vias urbanas antes intrafegáveis. Os bairros Habitar Brasil, Mutirão, Brizon e muitas outras ruas e avenidas receberam os trabalhos, que irão acontecer nas próximas duas semanas, num esforço concentrado dos trabalhadores do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e Secretaria de Obras.
De acordo com informações do diretor geral do DER, Ezequiel Neiva, 30 máquinas pesadas do departamento e da secretaria estão empenhados em melhorar as vias urbanas de Cacoal.
Nesta quarta-feira (07) os trabalhos continuam com a aplicação de massa asfáltica e patrolamento, levando qualidade de vida à população.

Parceria Estado/município tem impacto forte e começa a mudar Cacoal e opiniões

A segunda-feira (05) em Cacoal foi marcada pela assinatura da ordem de serviço para início dos trabalhos do programa Cidade Limpa, fruto da parceria da Prefeitura de Cacoal com o governo do Estado. Trinta equipamentos, entre máquinas do município, mas principalmente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), iniciaram logo após a cerimônia de assinatura os trabalhos no bairro Vista Alegre, bairro que chegou a mudar o conceito do presidente da Assembléia Legislativa, Maurão de Carvalho, sobre o que é uma estrada ruim. Em um evento muito prestigiado, a prefeita Glaucione Rodrigues falou da importância da parceria com o governo do Estado, que tem investido em média R$ 35 mil em massa asfáltica diariamente em Cacoal, além dos outros benefícios que já foram entregues.

Para a prefeita, é preciso que haja reconhecimento a todos que trabalham a favor de Cacoal e o apoio dos vereadores é fundamental para isso. A bancada federal, que como disse a prefeita, trabalha em média 14 horas por dia em Brasília para assegurar benefícios ao Estado, tem papel fundamental nos trabalhos que iniciaram nesta segunda. Justificando a ausência do deputado Nilton Capixaba, que estava em Porto Velho tratando de equipamentos para Cacoal, Glaucione citou ainda os trabalhos da deputada Marinha Raupp e do senador Valdir Raupp, presentes ao evento, e que tem garantido recursos que vão levar Cacoal voltar a brilhar.

AUTORIDADES

A líder da prefeita na Câmara de Vereadores, Maria Simões, falou da importância dos trabalhos para a cidade e que acredita que nestes dias que o Cidade Limpa estará em Cacoal a população já irá sentir os reflexos.

O vice-prefeito e secretário de Obras, Elcirone Deiró, usou o termo “reconstrução de Cacoal” para se referir aos trabalhos iniciados nesta segunda-feira e que, segundo ele, terá ainda a ajuda de toda a população para a melhoria da cidade.

O diretor do DER, Ezequiel Neiva, em tom de brincadeira, falou que as autoridades de Cacoal são as mais “pidonas” do Estado e que os demais prefeitos de Rondônia o estão pressionando para que o mesmo trabalho que será desenvolvido em Cacoal vá aos outros municípios.  Garantindo que o maquinário fica em Cacoal nos próximos 15 dias, Ezequiel Neiva pediu ainda aos trabalhadores que dêem o máximo da sua força de trabalho para que Cacoal mude nesses dias que atendem aos anseios da população. “Nós estamos trazendo um alento para o município de Cacoal, fazendo uma força tarefa no perímetro urbano, com aproximadamente 20 equipamentos do DER através de um termo de cooperação com a Prefeitura para a operação Cidade Limpa. Na operação Tapa-buracos nós já estamos com 11 funcionários do DER, que ficarão 90 dias ajudando o município, mais um caminhão nosso que está puxando o insumo da usina de Rolim de Moura para fazer esse serviço, fora isso mais 18 equipamentos do DER para fazer a Cidade Limpa. Nós estamos ajudando com uma quantidade considerável das máquinas, estamos literalmente parando com as nossas estradas, que pertencem ao DER, para ajudar o município. Após esse período retornaremos as nossas atividades normais”, acrescenta.

O presidente da ALE, Maurão de Carvalho, voltou a falar que Cacoal é, dos municípios grandes, o pior em conservação hoje e que quando passou pelo bairro Vista Alegre até mudou sua opinião sobre a estrada que vai a Ministro Andreazza. “Eu achava que a linha 5 estava ruim, mas quando passei pelo Vista Alegre até achei que estava boa, de tanto buraco e crateras que encontramos”. Maurão garantiu que há 13 mil toneladas de massa asfáltica reservadas para os trabalhos em Cacoal e que a Linha 5, que passará a se chamar Rodovia Neuri Persch, também será restaurada.

Restauração também foi a palavra usada pelo senador Valdir Raupp sobre os trabalhos iniciados hoje, já que considera o que será feito além do tapa-buracos. O senador reforçou a importância do apoio a Cacoal por parte do governo do Estado e também da Assembléia Legislativa, lembrando que o município dispõe de apenas uma patrol em seu parque de máquinas, o que não seria suficiente para todo o trabalho que é feito. O prédio da prefeitura, entre os mais antigos do Estado, também precisa ser refeito e para isso o senador falou dos recursos que já está buscando em Brasília para que isso seja possível. Além do prédio, o senador falou de R$ 20 milhões destinados à construção dos Hospital Municipal de Cacoal que, segundo ele, é também uma das suas metas ao município.

INÍCIO DOS TRABALHOS

Finalizada a assinatura da Ordem de Serviço, todos os equipamentos foram imediatamente ao bairro Vista Alegre, onde as vias urbanas já começaram a ser restauradas. Acompanhados do diretor do DER, Ezequiel Neiva, que ficará nos próximos dias na cidade, os trabalhadores seguirão, após a conclusão, ao Riozinho, que teve pedido direto do presidente da Câmara de Vereadores de Cacoal, Paulinho do Cinema, atendido de pronto pela prefeita Glaucione.

 

 

 

CONVITE À IMPRENSA

A prefeitura de Cacoal convida toda a imprensa para a cobertura da assinatura de Ordem de Serviço para recuperação de ruas e avenidas da área urbana de Cacoal, trabalho que será feito em parceria com o Governo do Estado. A assinatura está programada para as 8h30 desta segunda-feira (05) em frente à Prefeitura e contará com várias autoridades do município e do Estado. Contamos com a participação de todos, reconhecendo que é parte fundamental ao município o trabalho de cada membro da imprensa.

 

Assessoria de Comunicação

 

Parceria Prefeitura/Havan restaura portal; loja inaugura em julho

 

 

O portal entre Cacoal e o Riozinho passa por restauração nesta sexta-feira (02). Parceria entre a administração municipal e Lojas Havan viabilizou esse trabalho, que está envolvendo ainda profissionais das secretarias de Obras e Meio Ambiente. Todo o entorno do portal passa por restauração, com a iluminação sendo melhorada e também a poda da grama, além da pintura de meio fio.

Ainda na manhã desta sexta-feira a prefeita Glaucione Rodrigues verificou os trabalhos, juntamente com os secretários de Obras, Elcirone Deiró, e de Meio Ambiente, Leandro Chagas e Fernando Minervino, da Indústria e Turismo. Diretores da Havan também estiveram no local e agradeceram à prefeita e secretários pelo apoio.

Ainda na noite desta sexta, às 18 horas, as luzes da réplica da Estátua da Liberdade, símbolo da Havan, serão acesas e toda a sociedade cacoalense está sendo convidada. A data de inauguração da loja em Cacoal também já foi definida, será no dia 22 de julho.

Semusa realiza Pesagem e Campanha de Vacinação Contra Gripe para famílias cadastradas no Bolsa Família

A Prefeitura de Cacoal através da Secretaria Municipal de Saúde convoca todas as famílias cadastradas no Bolsa Família para nos dias 07, 08 e 09 de junho, levarem crianças até 07 anos de idade e gestantes para realização de pesagem. Na oportunidade, a Secretaria também realizará a Campanha de Vacinação Contra Gripe.
A vacina é destinada a gestantes, puérperas até 45 dias após o parto; crianças de 06 meses a menores de 5 anos; trabalhadores da saúde; pessoas com mais de 60 anos; povos indígenas, e portadores de doenças crônicas como: doença crônica respiratória, cardíaca, renal, hepática, neurológica, diabetes (em uso de medicação), transplantados (órgãos sólidos), obesos (grau III), imunodeficiência congênita ou adquirida e imunossupressão por doenças ou medicamentos, estes deverão apresentar prescrição médica.
Serão 4 pontos de atendimento que funcionarão das 07h30min às 13h30min: dia 07 na UBS Nova Esperança será realizada a pesagem e no Bairro Alfa Parque, pesagem e vacinação. No dia 08, o Bairro São Marcos e dia 09 de junho, Bairro Paineiras, farão a pesagem e vacinação.
Quem fizer parte do grupo de vacinação, deverá levar o cartão de vacina.

A pesagem Bolsa Família

As pessoas cadastradas em programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família, são acompanhadas pelas Secretarias de Assistência Social, Educação, e Secretaria de Saúde. Um dos focos do programa é a realização de ações em busca ativa na localização e pesagem dessas famílias, por isso a coordenação de Atenção Básica e Vigilância em Saúde realiza a ação em alguns bairros de Cacoal.

Tribunal de Justiça mantêm liminar pelo fim da greve em Cacoal

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) anunciou nesta quarta-feira (31) que mantêm a liminar, concedida no inicio da semana, para o fim imediato da greve dos servidores públicos.
O relator da liminar, desembargador Oudvanil de Marins, da 1ª Câmara Especial do TJ-RO, já havia determinado que o Sindicato dos Servidores Municipais de Cacoal (Sinsemuc) não iniciasse a paralisação. Mesmo com a decisão, servidores do município aderiram à greve nesta terça-feira (30), o que poderá levar o Sindicato responder judicialmente por desobediência e multa.

Impossibilidade de aumento salarial

A prefeita Glaucione Rodrigues, juntamente com o procurador geral do município, Walter Matheus Bernardino Silva, já havia esclarecido ao sindicato e impressa a impossibilidade de conceder aumento salarial, assim como concessão de qualquer vantagem neste momento por conta dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o que levaria o município ficar impedido de receber repasses estaduais e federais, celebrar convênios, entre outras restrições. Porém não foi descartada a possibilidade de reanálise da decisão no próximo quadrimestre, como também é determinado pela LRF.

Prefeita pede bom senso e Sindicato já foi notificado sobre suspensão de greve

Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (30) a prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, falou sobre a decisão do Tribunal de Justiça de suspender o movimento do Sindicato dos Servidores Municipais de Cacoal (Sinsemuc), que anunciou greve. Esclarecendo que a impossibilidade de conceder aumento salarial neste momento é por conta dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a prefeita falou ainda que a queda na arrecadação também tem reflexos nessa decisão, que pode ser reanalisada no próximo quadrimestre, como também é determinado pela LRF.

Os números apresentados pela prefeita Glaucione, elaborados pela sua equipe técnica, mostram que atualmente o índice de comprometimento da arrecadação com folha de pagamento é de 53,58%, ultrapassando em muito o limite prudencial da lei, que é de 51,3%. Nesse percentual, a LRF impede a concessão de qualquer vantagem ou aumento salarial. Caso haja desobediência e os gastos com pessoal cheguem a 54%, o município fica impedido de receber repasses estaduais e federais, celebrar convênios, entre outras restrições.

Durante a coletiva o procurador geral do município, Walter Matheus Bernardino Silva, que acompanhava a prefeita Glaucione, recebeu a informação que o oficial de Justiça já havia notificado o presidente do Sindicato sobre a suspensão da greve. Com isso, a paralisação não pode ocorrer, sob pena do Sindicato responder judicialmente por desobediência e multa.

Questionada sobre como imaginava acabar movimento, a prefeita se mostrou serena e falou acreditar no bom senso e também na recuperação dos índices de arrecadação, o que poderá abrir a negociação novamente com os servidores, o que deve acontecer nos próximos quatro meses.

 

TJ-RO determina que sindicato “se abstenha de deflagrar greve”

Liminar concedida nesta segunda-feira (29) pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) determina que o Sindicato dos Servidores Municipais de Cacoal (Sinsemuc) “se abstenha de iniciar a greve”. Na decisão, que teve como relator o desembargador Oudvanil de Marins, a 1ª Câmara Especial do TJ-RO escreve que “entendo presentes os requisitos necessários à concessão da tutela pretendida, pelo que DEFIRO o pedido de tutela provisória de urgência, para que os servidores públicos municipais, representados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cacoal- SINSEMUC, se abstenham de deflagrar a greve prevista para iniciar em 30/05/2017” [SIC], se referindo à ação proposta pela Procuradoria Geral do Município (PGM), que tem à frente Matheus Bernardino Silva, para que a greve não fosse iniciada.

Em continuidade a decisão relata ainda perigo de dano pela paralisação dos servidores, os quais são em sua maioria essenciais para o bem estar da sociedade.

Sobre a ação, a prefeita Glaucione Rodrigues esclarece que são os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que impedem a concessão de aumento aos servidores nesse momento, abrindo a possibilidade de analisar os dados no próximo quadrimestre. Atualmente os gastos com pessoal chegam a 53,58% da arrecadação, muito acima dos 51,3% do limite prudencial estipulado pela lei. Caso houvesse aumento, o município extrapolaria o limite de 54% da lei e, acima desse percentual, ficaria impedido de celebrar convênios com o governo federal, entre outras medidas restritivas.

1 31 32 33 34 35 37