Vacina contra gripe segue até 20 julho

Vacina foi ampliada também para crianças de até 9 anos.

Em Cacoal, as pessoas que fazem parte do público-avo têm até o dia 20 de julho para se vacinar contra a gripe. Crianças, gestantes e mulheres pós-parto são os públicos que estão com a cobertura vacinal mais baixa.  Agora, a vacina também foi ampliada para crianças de até 9 anos.

Segundo a coordenadora de imunização Vânia Schmitti, mesmo com a prorrogação do prazo, o município não conseguiu atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que é de imunizar pouco mais de 20 mil pessoas. “Infelizmente, mesmo com as várias ampliações, não conseguimos atingir nossa meta que é vacinar 90% do público-alvo”, revela.

Crianças, gestantes e mulheres pós-parto são os grupos que estão com a cobertura vacinal mais baixa.  Ainda, de acordo com Vânia, desde a última segunda-feira (9), a vacina foi ampliada também para crianças de até 9 anos. Além disso, as crianças menores de dois anos recebem a vacina em duas doses, sendo que segunda dose é dada 30 dias após a primeira. “Nesse caso, a criança só ficará protegida após receber as duas doses”, esclarece.

Sarampo

Vânia Schmitti explicou que na próxima semana será realizada uma reunião com a equipe de imunização do Estado, onde será definido o calendário de imunização contra doença município e o público que dever ser vacinado.

Locais de vacinação:

As salas de vacina funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h 30 às 12h 30, nas Unidades Básicas de Saúde no e no Ambulatório em frente ao Hospital Municipal Materno Infantil. Os locais funcionam das 7h30 até o meio dia e meia. Para receber a dose é importe a apresentação dos cartões SUS e de vacina.

 

Vacina contra gripe segue até sexta-feira, 29, em Cacoal

Crianças, gestantes e mulheres pós-parto são os públicos que estão com a cobertura vacinal mais baixa.

Em Cacoal, a vacinação dos grupos prioritários contra a gripe segue até a sexta-feira (29). Crianças, gestantes e mulheres pós-parto são os públicos que estão com a cobertura vacinal mais baixa. A meta do município é vacinar 90% do público alvo que é de pouco mais de 20 mil pessoas.

De acordo com a coordenadora de imunização Vânia Schmitti, a vacinação foi prorrogada no município devido a baixa procura pelas pessoas que fazem parte do público-alvo. “ Mesmo com a prorrogação do prazo pelo Ministério da Saúde não alcançamos a meta”, explica. Vânia acrescenta que crianças, gestantes e mulheres pós-parto são os grupos que estão com a cobertura vacinal mais baixa.

Ainda, segundo a coordenadora, as crianças menores de dois anos recebem a vacina em duas doses, sendo que segunda dose é dada 30 dias após a primeira. “Nesse caso, a criança só ficará protegida após receber as duas doses”, esclarece.

Locais de vacinação:

As salas de vacina funcionam de segunda a sexta-feira das 7h 30 às 12h 30, nas Unidades Básicas de Saúde: Cristo Rei- no bairro Floresta; Luiz Moreira- bairro Parque Fortaleza; Edmur José Marchioli- bairro Liberdade; Princesa Isabel- bairro Incra; Village do Sol- bairro Village do Sol; Gonçalves Ledo- bairro Industrial; Nova Esperança- bairro Nova Esperança (BNH); Unidade de Saúde da Família; São Judas Tadeu- distrito Riozinho e Sesp- Cacoal.  Locais funcionam das 7h30 até o meio dia e meia. Para receber a dose é importe a apresentação dos cartões SUS e de vacina.

Público-alvo:

Pessoas a partir de 60 anos: Crianças de seis meses a cinco anos: Trabalhadores da área de saúde: Professores das redes pública e privada: Mulheres gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto): Indígenas: Pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas): Profissionais do sistema prisional: Portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da gripe.